Futebol Internacional

5 clubes europeus que terão muito trabalho na pausa da data Fifa

Lucas Humberto
Crise na Baviera se agravou com novo resultado ruim válido pela Bundesliga
Crise na Baviera se agravou com novo resultado ruim válido pela Bundesliga / Alexander Hassenstein/GettyImages
facebooktwitterreddit

A data Fifa costuma gerar emoções dúbias em qualquer clube do mundo. No Brasil, por exemplo, alguns times perdem importantes peças durante os compromissos da seleção. No Velho Continente, a pausa pode marcar a interrupção de uma boa arrancada ou, em outros casos, significa um período para buscar a reestruturação. Iremos falar do segundo exemplo. Abaixo, você confere cinco clubes europeus que terão muito trabalho nas próximas semanas.

1. Bayern de Munique

Sadio Mané, atacante do Bayern de Munique
Bávaros emplacaram uma sequência ruim de resultados / Alexander Hassenstein/GettyImages

Líder isolado da Bundesliga? Distribuindo goleadas por aí? Defesa impecável? Nada disso. Parece brincadeira de rival, mas não é: o Bayern de Munique está em crise. Antes de entrar na data Fifa, os bávaros emplacaram uma sequência de três empates e uma derrota.

Para se ter ideia do peso dos resultados, em 34 rodadas do torneio nacional da temporada 2021/22, a equipe viu a igualdade no placar prevalecer somente cinco vezes. Na atual campanha, já são três. Será que o Borussia Dortmund enfim sai da fila ou teremos novos protagonistas?

2. Juventus

Di María, meia-atacante da Juventus
Velha Senhora não tem conseguido ser regular em nenhum dos setores / Emilio Andreoli/GettyImages

Aos trancos e barrancos, a Juventus inicia o calendário 2022/23 mostrando uma versão piorada de si mesma. Duas derrotas na Champions, apenas dois míseros dois triunfos em sete rodadas da Série A Italiana e, para piorar, um revés de requintes históricos. Fora de casa, a Velha Senhora viu o Monza conquistar uma vitória inédita na elite. Fundo do poço?

3. Chelsea

Thiago Silva, zagueiro do Chelsea
Potter precisa "arrumar a bagunça" em Stamford Bridge / James Williamson - AMA/GettyImages

A surpreendente demissão de Thomas Tuchel simboliza o estado de reconstrução do Chelsea antes da pausa. No último compromisso, válido pela Champions, os Blues empataram em casa com o RB Salzburg.

A torcida presente em Stamford Bridge observou de perto um time que até levou bastante perigo aos metros finais, mas só conseguiu marcar uma vez. E, no fim, ainda cedeu o empate. Graham Potter terá muito trabalho.

4. Atlético de Madrid

Griezmann, atacante do Atlético de Madrid
Atlético de Madrid esteve envolvido em várias polêmicas extracampo / Anadolu Agency/GettyImages

Polêmica contratual envolvendo Griezmann, cânticos racistas, declarações alfinetando rivais... O Atlético de Madrid só apareceu nos noticiários neste início de temporada pelas questões extracampo. Dentro das quatro linhas, vemos uma equipe que ocupa o modesto sétimo lugar de LaLiga, e perdeu para o Bayer Leverkusen, que também vive má fase, pela Champions.

5. Liverpool

Mohamed Salah, atacante do Liverpool
Reds ainda precisam caminhar muito antes de reencontrar o caminho dos melhores dias / Stu Forster/GettyImages

Alternando boas vitórias com empates amargos e derrotas difíceis de digerir, o Liverpool parece ter perdido sua característica mais marcante: a regularidade. Na última partida antes da pausa, os Reds só confirmaram o triunfo sobre o Ajax, pela Champions, aos 43 minutos do segundo tempo.

Para além da questão coletiva, as sucessivas lesões têm impedido peças importantes de Klopp de terem uma sequência satisfatória. Existe também uma parcela da torcida que está reclamando do desempenho de Salah. Bem, muitos ajustes precisam ser feitos.

facebooktwitterreddit