Futebol Internacional

5 clubes da Série A que deveriam tentar a contratação de Ricardo Goulart

Antonio Mota
Ricardo Goulart deixou o Guangzhou Evergrande, da China, e quer voltar ao Brasil
Ricardo Goulart deixou o Guangzhou Evergrande, da China, e quer voltar ao Brasil / Fred Lee/GettyImages
facebooktwitterreddit

Após semana de especulações, Ricardo Goulart rescindiu com o Guangzhou Evergrande, da China, nesta terça-feira (16) e agora está livre para conversar com outros clubes. Aos 30 anos, o atacante deixou a Ásia e já retornou ao Brasil, onde pretende continuar sua carreira.

Agora, livre e querendo voltar aos gramados do seu país natal, o ex-Cruzeiro e Palmeiras aparece como uma excelente opção para vários times da elite nacional.

1. Palmeiras

Palmeiras Ricardo Goulart
Passagem relâmpago de Goulart no alviverde teve quatro gols e três assistências em 12 jogos / Alexandre Schneider/GettyImages

Após muitos anos na Ásia, Ricardo Goulart foi repatriado pelo Palmeiras em 2019 e chegou cercado de boas expectativas ao Allianz Parque, mas não conseguiu corresponder. À época, o atacante sofreu com problemas físicos e acabou deixando o clube após apenas 12 partidas.

Hoje, em forma, ele cairia muito bem no ataque de Verdão, que, por sua vez, ganharia uma excelente opção ofensiva. Contratado para a função de "homem gol", Luiz Adriano é contestado por torcedores, assim como Deyverson, e os números de Goulart são animadores.

2. Internacional

Ricardo Goulart Internacional
Ricardo Goulart vestiu a camisa colorada antes de completar 20 anos / Power Sport Images/GettyImages

Revelado no Santo André, Goulart transferiu-se logo depois para o Internacional, onde fez cinco gols em 18 jogos. Agora, muito mais experiente e vencedor, o atacante não chegaria com status de aposta, mas sim com o peso de um medalhão muito bem-sucedido no mundo da bola.

O Inter, aliás, precisa pensar em nomes deste quilate para a próxima temporada, principalmente porque perdeu o atacante Paolo Guerrero e corre o risco de ficar sem o artilheiro Yuri Alberto, sondado por clubes europeus.

3. São Paulo

Ricardo Goulart São Paulo
Irmão de Ricardo Goulart, Juninho foi revelado pelo tricolor do Morumbi e construiu praticamente toda a carreira nos EUA / Fred Lee/GettyImages

O São Paulo precisa de muito mais do que um atacante para reencontrar o caminho das vitórias e dos títulos, mas isso não impede a contratação de Ricardo Goulart. Pelo contrário. Com liderança, histórico vencedor e muito futebol, o atacante voltaria à terra natal e certamente acrescentaria muito sendo uma ‘opção’ excepcional para o ataque tricolor.

4. Corinthians

Ricardo Goulart Corinthians
Ricardo Goulart é agenciado pelo mesmo empresário de Róger Guedes / Power Sport Images/GettyImages

O Corinthians investiu pesado nesta temporada e trouxe nomes de peso, como Renato Augusto, Willian e Róger Guedes, mas boas opções nunca são demais. Já veterano, mas com muita lenha para queimar, Ricardo Goulart seria mais um baita reforço para o Timão.

Além disso, o atacante de 30 anos trabalha com o empresário Paulo Pitombeira, que também cuida da carreira de Guedes.

5. Fluminense

Ricardo Goulart Fluminense
Ricardo Goulart seria um reforço de peso para o Fluminense / Pakawich Damrongkiattisak/GettyImages

Embora não tenha o mesmo poderio financeiro que outros clubes desta lista, o Fluminense também aparece como um destino interessante para Ricardo Goulart.

Se bolar um projeto sólido – aos moldes do que apresentou a Daniel Alves – e ter responsabilidade, o Tricolor das Laranjeiras pode tentar superar os rivais e colocá-lo para jogar ao lado de Fred ou até substituir o centroavante, visto que Abel Hernández tem futuro incerto no clube

6. Athletico-PR

Athletico Ricardo Goulart
Ricardo Goulart formaria uma bela dupla com Renato Kayzer no Athletico-PR / Zhong Zhi/GettyImages

O Athletico-PR se estruturou muito nas últimas temporadas e hoje pode arriscar entrar em grandes disputas no mercado da bola. Após sonhar com Daniel Alves, o Furacão pode fazer uma investida por Ricardo Goulart. O atacante cairia muito bem ao lado de Renato Kayzer e companhia na Arena da Baixada.

facebooktwitterreddit