Opinião

5 brasileiros que deveriam se arriscar na MLS

Lucas Humberto
Rafinha, Luan, Ganso e mais: confira cinco brasileiros que deveriam se aventurar na MLS.
Rafinha, Luan, Ganso e mais: confira cinco brasileiros que deveriam se aventurar na MLS. / Wagner Meier/Getty Images
facebooktwitterreddit

O tempo passou e a Major League Soccer (MLS) cresceu. Livrando-se do estereótipo de retiro de aposentados e esconderijo do futebol, atletas cada vez mais renomados apostam no campeonato norte-americano. Diversos campeões mundiais, inclusive, já marcaram presença por lá. Puxando a fila da temporada 2021, Alexandre Pato acertou com o Orlando City.

Confira cinco brasileiros que deveriam se arriscar na MLS.

1. Rafinha

Rafinha e Flamengo não conseguiram chegar em um acordo.
Rafinha e Flamengo não conseguiram chegar em um acordo. / Jean Catuffe/Getty Images

Rafinha e Flamengo não conseguiram reatar o casamento e o lateral segue sem clube. Aos 35 anos, o jogador está longe da decadência física e pode acrescentar em muitas equipes do futebol. Caso não encontre espaço nos gramados brasileiros, a MLS seria uma boa aposta e, quem sabe, uma forma de se reinventar dentro das quatro linhas.

2. Luan

Luan dificilmente joga no Corinthians.
Luan dificilmente joga no Corinthians. / Alexandre Schneider/Getty Images

Longe de viver seus melhores dias em campo, Luan encontra dificuldades para ser titular no Corinthians. Recentemente, o nome do meia esteve envolvido com uma possível venda ao Oriente Médio.

Muito cobrado pela Fiel e grande parte da imprensa brasileira, a MLS poderia ser o caminho certo para Luan dar a volta por cima ou buscar novas possibilidades na carreira.

3. Ganso

Ganso foi pouco aproveitado no Fluminense em 2020.
Ganso foi pouco aproveitado no Fluminense em 2020. / Bruna Prado/Getty Images

No Fluminense desde 2019, Ganso quase não teve oportunidades de ser titular em 2020. O meia, que já tem experiência em ligas estrangeiras, segue em boa forma física e pode ser melhor aproveitado em outros campeonatos.

4. Oscar

Oscar está no Shanghai Port desde 2017.
Oscar está no Shanghai Port desde 2017. / Power Sport Images/Getty Images

O futebol chinês, casa de Oscar e outros brasileiros, está vivendo uma de suas piores crises financeiras. Diante do cenário caótico dos clubes, muitos jogadores podem acabar deixando a Ásia.

Caso o meia decida não retornar ao futebol brasileiro, a MLS pode ser uma alternativa plausível.

5. Renato Augusto

Renato Augusto deixou o Corinthians em 2016.
Renato Augusto deixou o Corinthians em 2016. / Simon Holmes/Getty Images

Renato Augusto está na mesma situação de Oscar. No Beijing Sinobo Guoan desde 2016, muitos clubes brasileiros gostariam de recebê-lo, mas poucos conseguiriam pagar seu alto salário. Nesse sentido, a MLS parece mais viável.

facebooktwitterreddit