5 seleções que ficaram fora das eliminatórias por acontecimentos históricos

O Brasil é a primeira seleção a se classificar para a Copa do Mundo de 2018. Porém, ao longo do tempo, algumas equipes não chegaram nem a participar das eliminatórias. Os motivos fazem parte da história da humanidade. Confira:

5. Iugoslávia (Eliminatórias da Copa de 1994)

A Iugoslávia ficou de fora das eliminatórias para a copa de 1994. Os motivos foram as sanções da ONU por conta da Guerra da Bósnia. O conflito impediu a participação da equipe que não conseguiu ir para a competição que deu o tetra ao Brasil.

4. Irã (Eliminatórias da Copa de 1986)

Em 1980, um conflito militar tomou conta de dois países do Oriente Médio. A guerra, entre Irã e Iraque, foi responsável por deixar a seleção iraniana de fora da disputa por uma vaga na Copa do Mundo de 1986. A guerra chegou ao fim em 1988.

3. Alemanha (Eliminatórias da Copa de 1950)

A seleção alemã foi suspensa pela FIFA em 1945. Isso por conta da Segunda Guerra Mundial. Em 1950, a suspensão foi encerrada, porém, já era tarde para participar das eliminatórias. O mesmo aconteceu com o Japão, aliado dos Nazistas durante a guerra.

2. África do Sul (Eliminatórias da Copa de 1966)

Por conta do Apartheid, a África do Sul ficou de fora das eliminatórias para a Copa do Mundo de 1996. O regime de segregação racial foi adotado de 1948 a 1994. A equipe sul-africana ficou suspensa pela FIFA de 1961 a 1963, depois de 1964 a 1992.

1. Espanha (Eliminatórias da Copa de 1930)

A Guerra Civil Espanhola foi a grande responsável em tirar a Espanha da jogada. O país ficou de fora das Eliminatórias da Copa de 1938. Aquele ano, os espanhóis não puderam brigar por uma vaga na maior competição do mundo.