4 motivos para o Grêmio entrar ligado contra o Juventude

Fabio Utz
Dudu Contursi/UAI FOTO
facebooktwitterreddit

Grêmio e Juventude decidem, na noite desta quinta-feira, quem segue adiante na Copa do Brasil. O Tricolor saiu na frente na briga por uma vaga às quartas de final ao ganhar o duelo de ida por 1 a 0, em. casa. Agora, porém, o desafio é no Alfredo Jaconi, e existem ao menos 4 motivos para a equipe comandada por Renato Portaluppi entrar ligada em campo e não ser surpreendida.

1. Eliminação de rivais do mesmo nível

Alexandre Schneider/Getty Images

Santos e Corinthians, times gigantes como o Grêmio e que também entraram diretamente nas oitavas de final da Copa do Brasil, foram surpreendidos e ficaram pelo caminho logo de cara, caindo diante de Ceará e América-MG. O Botafogo não veio da Libertadores, mas também foi eliminado, parando no Cuiabá-MT. Como curiosidade, assim como o Juventude, América e Cuiabá também são da Série B...

2. Momento do Juventude e desempenho em casa

O Juventude faz muito boa campanha na Série B (4º lugar) e, se a competição terminasse hoje, estaria com vaga garantida na elite nacional. Em casa, o time só perdeu uma partida (para o Brasil-Pel), o que demonstra o seu poder dentro do Jaconi.

3. Sede de "vingança" do time caxiense

O Grêmio não perde para o Juventude desde 2016, ano no qual o time da Serra eliminou o Tricolor do Gauchão e foi à final. De 2017 em diante, foram oito partidas e nenhum gol marcado pelo rival alviverde. No ano passado, inclusive, o Grêmio passou fácil pelo adversário na própria Copa do Brasil. Vontade de "vingança" é o que não falta...

4. As falhas do Grêmio

Pool/Getty Images

A partida de ida, semana passada, foi quase que um "oásis" no retrospecto recente do Grêmio. Sair de campo sem levar gol é algo que se tornou um desafio para o Tricolor. Nos últimos dez jogos do Brasileirão, por exemplo, a equipe só não foi vazada em um deles. Lembrando que, se o time da capital tomar gol, terá que obrigatoriamente balançar a rede se não quiser que o confronto, no mínimo, vá para os pênaltis.

facebooktwitterreddit