Futebol brasileiro

4 marcas que o Fortaleza pode quebrar na Copa do Brasil

Lucas Humberto
Leão do Pici precisa reverter placar desfavorável para seguir emplacando feitos históricos na Copa do Brasil
Leão do Pici precisa reverter placar desfavorável para seguir emplacando feitos históricos na Copa do Brasil / Miguel Schincariol/GettyImages
facebooktwitterreddit

Semifinalista da Copa do Brasil pela primeira vez na história, o Fortaleza tem uma missão nada simples nesta noite. Depois de ver o Atlético-MG aplicar 4 a 0 no Mineirão, Juan Pablo Vojvoda e seus comandados precisam vencer por pelo menos quatro gols de diferença para levar o confronto aos pênaltis e seguir sonhando com o título inédito.

Apesar das dificuldades inerentes, o Leão do Pici pode se agarrar aos possíveis feitos inéditos caso avance mais longe no torneio. Nada como uma boa dose de perspectivas futuras para impulsionar uma equipe, certo?

1. Goleada ainda não sofrida por Cuca

Jair Matheus Jussa Edinho Fortaleza Atlético-MG Copa do Brasil Vojvoda
Tricolor tenta impor goleada ainda não sofrida pelo Galo de Cuca / Pedro Vilela/GettyImages

Marcado pelas longas sequências invictas na temporada, o Atlético-MG até teve alguns tropeços importantes e, sim, conheceu o amargo sabor da derrota diante de Santos e do próprio Leão do Pici na estreia do Brasileirão. Contudo, Cuca ainda não encontrou nenhum adversário que fosse capaz de vazar sua defesa quatro vezes num só jogo.

Como essa é exatamente a marca que o Fortaleza precisa para assegurar vaga na grande decisão, os comandados de Vojvoda seriam os responsáveis por impor uma goleada ainda não sofrida pelo Galo. Sempre há uma primeira vez...

2. Chegar à final inédita da Copa do Brasil

Copa do Brasil Fortaleza Atlético-MG
Leão do Pici tenta emplacar segundo feito histórico na Copa do Brasil / Pedro Vilela/GettyImages

Sob comando de Vojvoda, o Fortaleza já fez história ao marcar presença na semifinal da Copa do Brasil pela primeira vez. A marca, aliás, superou a campanha de 2001, quando o tricolor chegou às quartas de final, mas acabou caindo ante a Ponte Preta.

Caso Yago Pikachu e seus companheiros consigam vencer o Galo na edição de 2021, a vaga na decisão também será inédita. A esperança é a última que morre, certo?

3. Segundo título de Vojvoda no Brasil

Vojvoda Copa do Brasil Fortaleza Atlético-MG Galo Leão do Pici Tricolor
Vojvoda mira segunda título da carreira / JAVIER TORRES/GettyImages

Com menos de 15 dias de trabalho, Vojvoda venceu o Campeonato Cearense 2021. A taça representou o primeiro título da carreira do jovem treinador argentino. Agora, ele mira mais um feito: gritar "é campeão" - ou es campeón -, pela segunda vez em solo nacional. A tarefa não é fácil, mas competência não falta.

4. Primeiro título nacional desde 2018

Quando falamos sobre torneios estaduais, sempre há uma intensa discussão sobre sua validade enquanto taça de expressão. Levando em consideração apenas títulos nacionais, o Leão do Pici vê a Copa do Brasil como possibilidade de emplacar sua segunda grande conquista depois de vencer a edição de 2018 do Brasileirão Série B. Rumo à consagração?

facebooktwitterreddit