Barcelona

4 jogadores que surgiram na La Masia e acabaram se tornando grandes treinadores

Antonio Mota
Xavi vai seguir os passos de outras Crias da La Masia e se tornar um grande treinador? Espanhol tem bons exemplos.
Xavi vai seguir os passos de outras Crias da La Masia e se tornar um grande treinador? Espanhol tem bons exemplos. / Quality Sport Images/GettyImages
facebooktwitterreddit

A base vem forte? A “La Masia”, tradicional categoria de base do Barcelona, se consolidou como uma referência na produção de grandes jogadores nas últimas décadas. Andrés Iniesta, Xavi Hernández, Gerard Piqué e várias outras personalidades do esporte contemporâneo despontaram por lá.

A base culé, porém, não se limita a revelar atletas e também já lançou vários excelentes treinadores – os quais, claro, somente se mostraram ao mundo após a aposentadoria dos gramados. Confira abaixo 4 treinadores que a La Masia já “revelou”:

1. Tito Vilanova

bARCELONA Tito Vilanova
Tito Vilanova viveu uma curta, mas vitoriosa carreira como treinador. / David Ramos/GettyImages

Formado no Barcelona, Tito Vilanova não conseguiu muito sucesso dentro das quatro linhas e acabou rodando por vários clubes de menor expressão na própria Espanha.

Após se aposentar, o ex-treinador, que faleceu vítima de câncer em 2014, trabalhou como auxiliar de Guardiola no Barça B e também no principal antes de assumir o cargo deixado por Pep em 2012.

Em decorrência do câncer, Tito ficou apenas uma temporada à frente da equipe catalã, mas essa já foi marcante: conquistou a LaLiga com 100 pontos, igualando marca do Real Madrid, e jogando bem.

2. Pep Guardiola

Barcelona Pep Guardiola
Pep Guardiola é simplesmente um dos maiores treinadores da história do futebol mundial. / Clive Brunskill/GettyImages

O falar da carreira de Josep Guardiola? Cria da La Masia, Pep viveu uma bela trajetória como jogador, na qual até participou do Dream Team do Barcelona, antes de decidir revolucionar o esporte à beira do campo.

Já fora dos gramados, o treinador iniciou sua jornada como treinador no Barça B, mas em pouco tempo conseguiu dar saltos históricos: assumiu o time principal do Camp Nou, conquistou tudo e mais um pouco; se mudou para o Bayern de Munique, onde também colecionou títulos; e, agora, segue em alta no Manchester City.

Uma lenda.

3. Carles Rexach

Johan Cruyff Carles Rexach Barcelona
Carles Rexach viveu uma linda parceria com o lendário Johan Cruyff. / JOSEP LAGO/GettyImages

Carles Rexach dedicou praticamente toda a sua trajetória profissional ao Barcelona. Formado na La Masia, o ex-atacante foi “moldado” e educado ao estilo do futebol grená, num processo que levou para sua vida inteira.

Após se aposentar, o espanhol decidiu trabalhar como treinador e passou vários anos como assistente, segundo treinador, treinador interino e/ou principal do próprio time grená. Ele, inclusive, viveu muitos anos em parceira com o lendário Johan Cruyff.

4. Chapi Ferrer

Barcelona Albert Ferrer
Albert "Chapi" Ferrer é um bom treinador. / Manuel Queimadelos Alonso/GettyImages

Albert ‘Chapi’ Ferrer deu os primeiros passos no futebol no Barcelona e lá se lançou ao mundo profissional da bola. Além do Barça, em sua carreira dentro dos gramados, o antigo defensor também passou por times menores da Espanha e o Chelsea.

Em seguida, o catalão iniciou sua carreira de treinador e, mesmo com muito conhecimento e repertório, acabou não deslanchando, ficando muitos anos sem clube e depois acertando com o Barça Legends – uma equipe formada por grandes nomes da história grená.

facebooktwitterreddit