Corinthians

4 jogadores do Corinthians que ainda estão devendo em 2022

Lucas Humberto
De Roger Guedes a Luan: quatro jogadores do Corinthians que ainda estão devendo em 2022.
De Roger Guedes a Luan: quatro jogadores do Corinthians que ainda estão devendo em 2022. / Alexandre Schneider/GettyImages
facebooktwitterreddit

A distância entre expectativa e realidade costuma ser fatal no futebol, sobretudo depois de um ano encerrado em alta ou após grandes promessas de uma boa pré-temporada. Acontece que, dentro das quatro linhas, o talvez nunca basta. E muitos corintianos não estão entregando nada mais que isso. Abaixo, nós listamos quatro jogadores do Timão que ainda estão devendo em 2022.

1. Roger Guedes

Roger Guedes Corinthians Paulistão
Guedes não vive boa fase no Timão / Miguel Schincariol/GettyImages

Decepcionante. Independente de gostar ou não do posicionamento centralizado no ataque, a atitude de Roger Guedes em campo vai de mal a pior. Até agora, o momento de maior brilhantismo do camisa 9 foram dois gols diante do São Bernardo. A Fiel não sabe o que é mais irritante: a irregularidade ofensiva ou o comportamento do atacante.

2. Lucas Piton

Aposta de Sylvinho, Lucas Piton seguiu ganhando oportunidades sob comando do interino Fernando Lázaro. Contudo, ainda não vimos nada mais do que já sabíamos antes: o lateral tem potencial de sobra mas, quando precisa colocar em prática, erra e atrapalha muito mais que ajuda. Resta saber se Vítor Pereira irá dar um jeito no lado esquerdo do Corinthians.

3. Gustavo Mantuan

O mesmo raciocínio de Piton pode ser aplicado a Gustavo Mantuan. Durante a pré-temporada, criaram-se múltiplas expectativas acerca do atacante. Seria a solução para as ineficiências ofensivas? Bem, embora ele esteja sendo menos utilizado agora, oportunidades no início do Paulistão não faltaram. Pena que elas não foram bem aproveitadas.

4. Luan

Corinthians Luan
Camisa 7 está devendo futebol há pelo menos dois anos / NELSON ALMEIDA/GettyImages

O caso de Luan é o mais singular da lista. Com exceção ao bom início lá nos idos de 2020, o meia-atacante nunca conseguiu ter desempenho nem próximo de regular. Contra o Botafogo-SP, pelo Paulistão, o camisa 7 foi titular sob comando do interino Fernando Lázaro? E adivinha só? Outra atuação esquecível. Ele basicamente está devendo desde que chegou...

facebooktwitterreddit