Futebol Feminino

4 jogadoras que podem decidir o clássico entre São Paulo e Palmeiras, pelo Brasileirão Feminino

Nathália Almeida
Palmeiras e São Paulo protagonizam mais uma edição do "Choque-Rainha"
Palmeiras e São Paulo protagonizam mais uma edição do "Choque-Rainha" / Renato Gizzi/Photo Premium/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

Vivendo sua temporada mais explosiva e disputada dos últimos anos, o Brasileirão Feminino segue com as emoções de sua rodada 12 nesta segunda (13), com direito a clássico local valendo muito na tabela de classificação: São Paulo e Palmeiras protagonizam o primeiro Choque-Rainha da edição, duelo que promete pegar fogo, afinal, estão falando de dois arquirrivais que atualmente figuram no G-4 do maior torneio de futebol feminino nacional.

A bola rola a partir das 17h45 de Brasília, em Cotia, e como aquecimento para este grande confronto, elencamos 4 jogadoras que podem decidir o clássico local. Confira:


1. Bia Zaneratto (Palmeiras)

Maior artilheira da edição passada do Campeonato Brasileiro com 15 gols, a centroavante retornou ao Palmeiras após meses na China e segue em alto nível com a camisa alviverde. Já são cinco gols na atual edição do torneio nacional, desempenho que a coloca entre as principais goleadoras de sua equipe. É muito decisiva.

2. Rafa Travalão (São Paulo)

Muito experiente, a atacante tricolor vem sendo o grande nome de seu time nesta edição do Brasileirão. Soma sete gols em 10 partidas disputadas, desempenho que a coloca na segunda posição do ranking de artilheiras do torneio, atrás somente de Cristiane. Bobear na frente da camisa 33 não é uma boa ideia...

3. Patricia Sochor (Palmeiras)

Contratada para esta temporada, a atacante ex-Ferroviária parece já ter anos de casa, afinal de contas, se entrosou rapidamente com suas novas companheiras e vem fazendo grandes jogos com a camisa alviverde. Já soma cinco gols no Brasileirão e é uma arma ofensiva poderosa para o time do Allianz Parque.

4. Dani Silva (São Paulo)

Saindo do campo das atacantes, temos que citar uma defensora que vem fazendo a diferença, tanto na retaguarda, quanto no apoio. Inspirada nas assistências - são cinco passes para gols em 10 partidas -, a lateral é um perigo constante às defesas adversárias e ainda cumpre muito bem seu papel na última linha tricolor. Olho nela!

facebooktwitterreddit