Libertadores Feminina

4 jogadoras que podem decidir as semifinais da Libertadores Feminina 2022

Nathália Almeida
Bruna Calderan é um dos destaques do Palmeiras nesta Libertadores
Bruna Calderan é um dos destaques do Palmeiras nesta Libertadores / Nelson Gariba/Agência F8/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

E então, restaram quatro.

Iniciada no último dia 13 de outubro, a Libertadores Feminina já alcança sua fase de semifinais, marcada pelo protagonismo colombiano e pela sobrevivência de apenas um representante do nosso país: o Palmeiras.

No aquecimento para o início da penúltima fase do torneio mais importante do futebol feminino sul-americano, o 90min elenca, a seguir, 4 jogadoras que podem decidir as semifinais entre Deportivo Cali x Boca Juniors (25/10) e Palmeiras x América de Cali (26/10). Confira:


1. Ingrid Guerra (Deportivo Cali)

Se o Deportivo Cali seguir avançando no torneio, é bem provável que Ingrid Guerra seja eleita a melhor jogadora da Libertadores Feminina. Fazendo um campeonato impecável até aqui, a atacante de apenas 19 anos de idade lidera a edição em participações totais para gols (6), somando quatro tentos e duas assistências.

2. Yamila Rodríguez (Boca Juniors)

É impossível não citar a pequena notável do Boca Juniors como maior ameaça ao Deportivo Cali na semifinal. Atacante muito eficiente, veloz e vertical, Yamila Rodríguez costuma ser decisiva nos jogos grandes, pois tem muita personalidade. Tem quatro participações para gols no torneio, com três tentos e uma assistência.

3. Catalina Usme (America de Cali

Maior símbolo do futebol feminino colombiano, a experiente meia-atacante segue sendo decisiva com a camisa do America: o tempo, simplesmente, parece não passar para a camisa 10, que também é a capitã do time vermelho. Inteligente e ótima finalizadora, Catalina Usme soma dois gols e três assistências no torneio.

4. Bruna Calderan (Palmeiras)

Você esperava que o destaque do Palmeiras neste artigo fosse uma das meio-campistas ou atacantes do estrelado elenco alviverde, certo? Sim, é verdade que o Verdão está muito bem servido ofensivamente com Bia Zaneratto, Duda e Byanca Brasil, mas a lateral Bruna Calderan é o grande destaque alviverde no torneio até o momento: muito forte ofensivamente, soma dois tentos e três assistências em 3 jogos. Olho nela...

facebooktwitterreddit