Brasileiro Série B

4 grandes histórias que marcaram a vitória do Vasco da Gama sobre o Cruzeiro

Nathália Almeida
Vasco venceu o Cruzeiro por 1 a 0, no Maracanã
Vasco venceu o Cruzeiro por 1 a 0, no Maracanã / Thiago Ribeiro/Agif/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

Na tarde deste domingo (12), Vasco da Gama e Cruzeiro protagonizaram a partida mais aguardada desde final de semana no futebol brasileiro. Confronto que já decidiu Série A do Brasileirão, cariocas e mineiros vivem uma realidade "menos nobre" neste momento - batalham para retornar à elite do nosso futebol -, mas nada que diminua o tamanho e a relevância de duas das camisas mais pesadas do país.

Gigantes que são, Vasco e Cruzeiro foram responsáveis por um grande jogo no Maracanã, com o time da casa, empurrado por uma multidão, levando a melhor no detalhe: 1 a 0, triunfo que manteve a invencibilidade cruzmaltina e garantiu, ao Gigante da Colina, uma boa vantagem em relação ao primeiro time fora do G-4 da Série B.

A seguir, contamos 4 grandes histórias que marcaram a vitória do Cruzmaltino sobre a Raposa:


4. A qualidade técnica do confronto

cruzeiro vasco da gama maracana campeonato brasileiro serie b
Vasco e Cruzeiro fizeram um jogo digno de Série A / Thiago Ribeiro/Agif/Gazeta Press

Multicampeões no nível mais alto de competitividade do futebol brasileiro, Vasco e Cruzeiro fizeram um confronto que, facilmente, poderia ter sido de Série A em termos técnicos. Os dois adversário atacaram e buscaram o gol incessantemente e, apesar do placar magro, criaram boas chances no Maracanã. Não faltou intensidade e emoção.

3. Respeito, igualdade e inclusão, apesar do esdrúxulo veto

Em uma decisão incompreensível e totalmente esdrúxula, o Consórcio que administra o Maracanã vetou que o Cruzmaltino exibisse no Setor Leste - que fica em frente às câmeras de televisão -, uma faixa com os dizeres: "Desde 1898 o legítimo club do povo, Club de Regatas Vasco da Gama, Respeito, Igualdade e Inclusão".

Para a felicidade do Gigante da Colina e de todos aqueles que acreditam que a arquibancada e o futebol são, sim, espaços de luta, a mensagem foi exibida de uma outra forma: a Pixbet, patrocinadora do clube, utilizou seu espaço na placa de publicidade do Maracanã para passar o recado.

2. O fim da seca de Getúlio

vasco getulio cruzeiro serie b
Getúlio foi às redes, anotando o gol único da partida / Thiago Ribeiro/Agif/Gazeta Press

Uma das coisas que faz o futebol ser tão apaixonante é a sua imprevisibilidade, além da possibilidade constante de enredos inesperados e heróis improváveis.

9 de 10 torcedores vascaínos apostariam em vitória vascaína com gols de Nenê ou Figueiredo, afinal de contas, os dois têm sido fundamentais nos números ofensivos do Cruzmaltino na Série B. Mas a tarde deste domingo estava para histórias espetaculares, e o triunfo do time carioca viria através de gol de quem mais o buscava: Getúlio, que não marcava há 17 jogos, encerrou a seca e levou as arquibancadas ao delírio.

1. O show da torcida cruzmaltina

A grande história do dia foi, sem nenhuma dúvida, a grande prova de amor (mais uma!) da torcida vascaína ao seu clube. Tendo esgotado toda a carga de ingressos disponibilizados para o duelo em menos de 48 horas, a massa cruzmaltina fez uma festa inesquecível no Maracanã, com direito a mosaico e cantoria incessante, do início ao apito final.

Simbiose perfeita entre time e torcida, culminando em uma vitória valiosa para as pretensões do clube na Série B.

facebooktwitterreddit