Copa Libertadores

4 grandes estrelas que atuaram no único mata-mata entre Corinthians e Flamengo pela Libertadores

Fabio Utz
Ronaldo Nazário e Adriano brilhavam com as camisas de Timão e Fla
Ronaldo Nazário e Adriano brilhavam com as camisas de Timão e Fla / LatinContent/GettyImages
facebooktwitterreddit

Corinthians e Flamengo, até hoje, ficaram frente a frente em mata-matas de Libertadores em apenas uma oportunidade: foi nas oitavas de final de 2010. Na ocasião, os cariocas venceram a partida de ida por 1 a 0 em casa, enquanto os paulistas ganharam o duelo de volta, na frente de sua torcida, por 2 a 1. Pelo gol qualificado, o Rubro-Negro acabou avançando. Aqueles embates ficaram marcados por um verdadeiro confronto de estrelas, e o 90min relembra quatro nomes gigantes que estavam em campo.

Corinthians

1. Roberto Carlos

Roberto Carlos Corinthians Flamengo Libertadores 2010
Lateral-esquerdo chegou ao Corinthians em 2010 / VANDERLEI ALMEIDA/GettyImages

O lateral-esquerdo foi o grande reforço do Timão para a temporada de 2010. No entanto, sua bagagem não foi suficiente para evitar a eliminação alvinegra no Pacaembu.

2. Ronaldo Nazário

Flamengo Corinthians Libertadores 2010 Ronaldo Nazário
Fenômeno brilhava com a camisa do Timão desde o ano anterior / VANDERLEI ALMEIDA/GettyImages

Um dos maiores centroavantes de todos os tempos, o Fenômeno já brilhava com a camisa corintiana desde 2009. Na partida de volta contra o Flamengo, chegou a marcar um gol que estava dando a classificação ao Corinthians. No entanto, o cenário viria a mudar na sequência.

Flamengo

3. Adriano

Flamengo Corinthians Libertadores 2010 Adriano Imperador
Imperador vivia um dos melhores momentos da sua carreira / Buda Mendes/GettyImages

Já em sua segunda passagem pelo clube, o Imperador vivia um dos melhores momentos da carreira. Inclusive, marcou o gol que garantiu a vitória rubro-negra no duelo de ida, no Maracanã.

4. Vagner Love

Corinthians Flamengo Libertadores 2010 Vagner Love
Centroavante marcou o gol que garantiu a classificação flamenguista / LatinContent/GettyImages

Contratado pelo Flamengo em 2010, o centroavante se transformou no herói rubro-negro naquele confronto histórico. O gol marcado no duelo de volta não evitou a derrota, mas deu ao clube carioca a tão sonhada vaga. Ou seja, a classificação passou pelos seus pés.

facebooktwitterreddit