Listas

4 grandes atacantes que não são bons cobradores de pênaltis

Matheus Nunes
Pênalti de Messi contra o Real Madrid na Champions League parou nas mãos de Courtois
Pênalti de Messi contra o Real Madrid na Champions League parou nas mãos de Courtois / John Berry/GettyImages
facebooktwitterreddit

Quando se trata de desperdiçar pênaltis, Germán Cano é especialista no assunto. Apesar de ter sido artilheiro do Fluminense no Campeonato Carioca com sete gols e marcado todos os gols tricolores na final contra o Flamengo, o atacante argentino desperdiçou uma cobrança diante do Rubro-Negro que poderia ter ampliado o placar na decisão.

Desde que chegou ao futebol carioca, o jogador já perdeu cinco penalidades: quatro pelo Vasco e uma agora pelo Tricolor das Laranjeiras. Porém, Cano não é o único grande atacante que não vai bem quando se trata em converter pênaltis. Confira a lista a seguir.

1. Lionel Messi

Lionel Messi
Messi desperdiçou pênalti contra o Real Madrid na Liga dos Campeões / Catherine Steenkeste/GettyImages

Lionel Messi é sempre o cobrador oficial de pênaltis das equipes por onde passa, mas já desperdiçou alguns importantes durante a carreira. O mais recente foi contra o Real Madrid pelo primeiro jogo das oitavas de final da Champions League. O argentino é considerado um dos melhores jogadores de sua geração, mas cobrar penalidades não é o seu forte.

2. Antoine Griezmann

Griezmann tem alguns pênaltis desperdiçados na carreira, sendo a maioria deles no Atlético de Madrid. Pelo clube espanhol, o atacante deixou de marcar em cinco oportunidades. Quando rumou ao Barcelona, também desperdiçou algumas batidas, principalmente na temporada 2020.

3. Edin Dzeko

Experiente e conhecido por seu histórico artilheiro em diversas ligas do futebol europeu, o centroavante tem no seu histórico algumas cobranças de pênaltis decisivas desperdiçadas, e uma delas já custou a eliminação da sua antiga equipe, a Roma, da Copa da Itália.

4. Ribéry

Apesar de nunca ter sido um cobrador de pênalti oficial, Ribéry já desperdiçou algumas cobranças, principalmente quando atuava no Bayern de Munique, clube que mais jogou na carreira. Pelos alemães, o atacante francês perdeu quatro penalidades.

facebooktwitterreddit