4 brasileiros que se deram bem nos jogos da abertura da rodada de Champions League

Bia Palumbo
Chelsea de Thiago Silva conseguiu 100% de aproveitamento no confronto direto contra o Milan
Chelsea de Thiago Silva conseguiu 100% de aproveitamento no confronto direto contra o Milan / Emilio Andreoli/GettyImages
facebooktwitterreddit

A 4ª rodada da Champions League começou nesta terça-feira (11) e, para variar, teve gol brasileiro. Ao todo foram 14 gols em oito partidas, então o 90min traz abaixo os que mais se destacaram nestes primeiros jogos.

1. Jorginho

O catarinense naturalizado italiano foi decisivo na vitória do Chelsea sobre o Milan por 2 a 0 fora de casa. Ele abriu o placar após pênalti polêmico de Tomori, que foi expulso ao derrubar Mason Mount. O meio-campista foi para a marca da cal e bateu ao seu estilo, com 'pulo' antes da cobrança e deslocando o goleiro Tatarusanu. Este foi o primeiro gol dele nesta Champions, logo no dia em que completou 200 jogos com a camisa dos Blues. Aubameyang ampliou ainda no primeiro tempo.

2. Ederson

Ederson, goleiro do Manchester City
Ederson é titular absoluto do time de Pep Guardiola / JONATHAN NACKSTRAND/GettyImages

É fato que o goleiro não teve muito trabalho, afinal o Copenhagen acertou apenas uma bola na direção do gol, porém é mais um clean sheet para a conta do camisa 31, que contribuiu para que o Manchester City conquistasse a classificação antecipada para o mata-mata mesmo sem vencer - ficou no 0 a 0 com o Copenhagen na Dinamarca.

3. Thiago Silva

Thiago Silva e Giroud em Chelsea x Milan
No reencontro de Giroud e Thiago Silva com os antigos clubes, melhor para os ingleses / MARCO BERTORELLO/GettyImages

Reencontrar o ex-clube é sempre um momento marcante na vida de qualquer atleta. Desta vez a defesa passou ilesa, ele foi bem nos duelos aéreos e ainda passou o tempo todo sem cometer uma falta sequer mesmo tendo pela frente atacantes como Olivier Giroud e Rafael Leão.

4. Vinícius Júnior

Vinicius Junior, Lucas Taylor
Vinicius Jr travou duelo brasileiro com o lateral Lucas Taylor / Adam Nurkiewicz/GettyImages

Desta vez o camisa 20 não brilhou. Ele começou no banco, atuou por cerca de 30 minutos, porém sofreu duas faltas e depois que ele foi para campo que o time conseguiu empatar e também se garantiu nas oitavas.

facebooktwitterreddit