33 dias para a Copa do Mundo: com 33 anos, Cristiano Ronaldo é o jogador mais velho a marcar hat-trick no Mundial

Nathália Almeida
Cristiano Ronaldo anotou hat-trick no Mundial da Rússia, em 2018
Cristiano Ronaldo anotou hat-trick no Mundial da Rússia, em 2018 / Arte: Eduardo Fricks
facebooktwitterreddit

A fase não é das melhores no Manchester United, mas quando ele veste a camisa grená da seleção de Portugal, Cristiano Ronaldo costuma "esquecer" tudo ao redor e se doar inteiramente à equipe lusitana, e é exatamente isso que podemos esperar a partir do próximo dia 20 de novembro, quando o Robozão estará em ação naquela que deve ser sua última Copa do Mundo como atleta profissional.

Apesar de se tratar da única grande competição que o craque português ainda não conquistou, podemos dizer que Cristiano Ronaldo tem, sim, uma relação especial com a Copa do Mundo. No Catar, o camisa 7 disputará sua quinta edição de Mundial, adentrando um rol seleto que atualmente conta com apenas quatro outros jogadores: somente Carbajal e Rafa Marquez (México), Lothar Matthäus (Alemanha) e Gianluigi Buffon (Itália) disputaram cinco Copas ao longo de suas carreiras.

Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo disputará a Copa do Mundo de 2022 com 37 anos / Soccrates Images/GettyImages

Mas não é só a longevidade de Cristiano Ronaldo que se destaca quando falamos de sua jornada em Copas: a regularidade também merece ser citada. Autor de 7 gols em Mundiais, o artilheiro deixou sua marca ao menos uma vez em cada edição que participou, de 2006 a 2018, igualando feito de Pelé entre as edições de 1958 e 1970.

Na Rússia, Cristiano Ronaldo teve seu melhor desempenho em termos de gols marcados: foram 4, três deles em uma só partida, o eletrizante empate por 3 a 3 contra a Espanha durante a fase de grupos. A performance do atacante neste clássico ibérico lhe deu o status de jogador mais velho na história dos Mundiais anotar um hat-trick em uma partida de Copa. Será que veremos CR7 superando seu próprio recorde na edição de 2022?

Cristiano Ronaldo
CR7 teve exibição de gala contra a Espanha, na Copa de 2018 / Dean Mouhtaropoulos/GettyImages
facebooktwitterreddit