Atlético MG

3 jogadores do elenco do Galo que já conquistaram a Copa do Brasil

Antonio Mota
Aos 36 anos, Réver está perto de levantar mais uma taça pelo Atlético-MG
Aos 36 anos, Réver está perto de levantar mais uma taça pelo Atlético-MG / Pedro Vilela/GettyImages
facebooktwitterreddit

O Atlético-MG não se intimidou e venceu o Fortaleza mais uma vez, agora na Arena Castelão, na noite da última quarta-feira (27), por 2 a 1, e confirmou presença na final da Copa do Brasil. Com isso, Hulk, Diego Costa, Nacho e várias outras estrelas do milionário elenco de Cuca poderão conquistar pela primeira vez o troféu da competição mais democrática do país, mas há um trio que já sentiu o gostinho de ser campeão do torneio.

1. Dodô – Corinthians

Corinthians Copa Brasil Dodo, Rossi
Dodô chegou ao Galo neste ano e foi campeão mineiro / Pedro Vilela/GettyImages

Natural de Campinas, no interior de São Paulo, Dodô iniciou sua carreira no Corinthians e lá conquistou o troféu mais relevante de sua carreira até o momento: a Copa do Brasil de 2009. À época, com apenas 17 anos e muito bem visto no Timão, o lateral-esquerdo integrou o elenco que conseguiu mais uma importante taça para Itaquera. À época, ele aparecia até na mira do Manchester United, mas a porta de entrada no futebol europeu foi a Roma. Depois jogou na Inter de Milão e Sampdoria até voltar ao país natal para reforçar o Santos

2. Réver – Atlético-MG

Nacho Fernandez Réver  Atlético-MG
Réver é uma lenda no Atlético-MG: 301 jogos / Pedro Vilela/GettyImages

Ídolo no Atlético-MG, Réver construiu uma linda e vitoriosa carreira dentro dos gramados nas últimas décadas. Aos 36 anos, o xerife acumula mais de 10 títulos, incluindo duas Copas do Brasil (2005 e 2014). Curiosamente, a primeira foi com o modesto Paulista, sob comando de Vagner Mancini, e a segunda já estava no Galo.

3. Rafael – Cruzeiro

Rafael Copa do Brasil Cruzeiro Galo
Pulou o muro? Rafael já ganhou a Copa do Brasil com o Cruzeiro. / Pedro Vilela/GettyImages

Vira-casaca? Rafael foi revelado no rival Cruzeiro, mas teve pouco espaço como reserva do goleiro Fábio. Em sua estada na Toca, o jogador de 32 anos dominou Minas Gerais e pôde celebrar duas Copas do Brasil (2017 e 2018), então agora pode tentar o tri da competição.

facebooktwitterreddit