Futebol Internacional

3 grandes jogadores que devem retornar às suas seleções após longo hiato

Nathália Almeida
Müller tem grandes chances de reaparecer entre os convocados da Alemanha
Müller tem grandes chances de reaparecer entre os convocados da Alemanha / Boris Streubel/Getty Images
facebooktwitterreddit

Estamos em contagem regressiva para o início de duas das competições entre seleções mais prestigiadas do futebol mundial. Pelos gramados sul-americanos, a bola rolará para mais uma edição de Copa América e, em paralelo, os campos europeus testemunharão a Eurocopa, ambas adiadas em um ano por conta da pandemia de Covid-19.

Ao longo dos últimos dias, diversas fontes da imprensa europeia noticiaram a forte possibilidade de vermos alguns 'medalhões' voltando a vestir a camisa de suas respectivas seleções. Pelo momento que vivem e pela grande temporada de 2020/21 que fizeram, o retorno de torna algo natural e muito aguardado pelos torcedores. A seguir, listamos três exemplos disso:


1. Karim Benzema (França)

karim benzema frança
Benzema não é convocado desde polêmica com Valbuena / Amin Mohammad Jamali/Getty Images

Abrimos essa lista com uma situação que já está confirmada e carimbada: Karim Benzema está de volta à Seleção Francesa após anos afastado das convocações. Através de suas redes sociais, o artilheiro do Real Madrid expressou seu contentamento em voltar a vestir a camisa azul, algo que não acontecia desde 2016. O longo período de afastamento se deu pela polêmica extracampo envolvendo Valbuena.

2. Mats Hummels (Alemanha)

mats hummels alemanha
Hummels pode estar voltando à Alemanha / Soccrates Images/Getty Images

O fiasco da Alemanha na Copa do Mundo de 2018, em solo russo, acabou levando o treinador Joachim Löw à decisão de promover uma renovação de grandes proporções em sua equipe. Esse movimento atingiu diretamente diversos "veteranos de convocação", como o zagueiro Mats Hummels. Sua grande temporada 2020/21 com a camisa do Borussia Dortmund, no entanto, deve alavancar seu retorno à nacional.

3. Thomas Müller (Alemanha)

thomas muller alemanha
Müller também não é convocado há longos anos / Boris Streubel/Getty Images

Fechamos essa curta lista com o meia-atacante do Bayern de Munique, que reencontrou sua melhor forma sob comando de Hansi Flick e vem de duas temporadas espetaculares em números e conquistas. Rei das assistências na Baviera, Müller se tornou um jogador quase completo: cria, finaliza, serve companheiros, dá combate, desarma. Quase toda seleção do mundo gostaria de contar com ele, e a Alemanha perdeu quase três anos de seus serviços. Surreal, não?

facebooktwitterreddit