3 garotos da base do Fluminense que o torcedor quer ver no profissional em breve

Nathália Almeida
John Kennedy é uma das joias da base tricolor
John Kennedy é uma das joias da base tricolor / RICHARD DUCKER/FramePhoto/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

Fonte de inúmeras 'soluções' esportivas e financeiras ao Fluminense, Xerém segue sua rotina de peneirar, moldar e promover talentos ao futebol profissional tricolor.

Nos últimos anos, nenhuma equipe brasileira vendeu mais atletas que o Fluminense aos principais mercados europeus. Ainda assim, as joias parecem se renovar com extrema naturalidade no Centro de Treinamento Vale das Laranjeiras, onde operam as categorias de base do clube.

Pensando no futuro, listamos 3 jogadores muito promissores que a torcida tricolor não vê a hora de acompanhar nos profissionais:


Metinho

Meia nascido no Congo é xodó da torcida
Meia nascido no Congo é xodó da torcida / ALEXANDRE NETO/Photopress/Gazeta Press

Bastante ativo nas redes sociais, Metinho é xodó da torcida do Fluminense não apenas por constantemente interagir com os tricolores, mas por ser muito bom de bola. Meio-campista alto, veloz, habilidoso e de passadas largas, ganhou o apelido de 'Pogbinha' pelas semelhanças físicas e no estilo de jogo. Foi mencionado em lista recente do 'The Guardian', que listou os 60 jogadores mais promissores da geração 2003.


John Kennedy

John Kennedy renovou contrato com o Fluminense
John Kennedy renovou contrato com o Fluminense / RICHARD DUCKER/FramePhoto/Gazeta Press

Pedro, João Pedro, Evanílson e... John Kennedy? Se o mundo do futebol parece 'agonizar' na missão de formar e encontrar camisas 9 de qualidade, o Fluminense vai totalmente na contramão disso: centroavantes são a 'especialidade da casa', e John Kennedy parece ser o próximo nesta linha sucessória de alto nível. O atacante de 18 anos vem empilhando gols no Sub-20, ao ponto da torcida já pedir sua promoção ao profissional. Renovou recentemente seu contrato com o Tricolor, que trabalha para evitar novas perdas precoces de suas joias.


Eduardo Gomes

Eduardo Gomes tem apenas 16 anos de idade, ou seja, ainda há um longo caminho pela frente no processo de maturação e desenvolvimento do garoto. Contudo, a expectativa em torno do lateral-direito é bem alta: vem se destacando no sub-17 tricolor, ao ponto de receber sondagens de gigantes do futebol paulista. O Fluminense tratou de blindar o promissor atleta com seu primeiro contrato profissional, válido até 2023. Forte no apoio, pode ser o futuro camisa 2 do time principal do Fluminense.


facebooktwitterreddit