Brasileirao Série A

3 destaques da vitória do Grêmio sobre o Fluminense

Bia Palumbo
Diego Souza fez o sexto gol dele no Brasileirão contra o Flu
Diego Souza fez o sexto gol dele no Brasileirão contra o Flu / Silvio Avila/GettyImages
facebooktwitterreddit

Faltam menos de 10 rodadas para o final do Brasileirão e na noite da última terça-feira (9), o Grêmio superou o Fluminense ao vencer por 1 a 0, com gol de Diego Souza, e deu um respiro na luta contra o rebaixamento.

O tricolor carioca teve um gol anulado por impedimento de Caio Paulista, mas em geral os donos da casa dominaram a partida e o placar só não foi mais elástico devido à trave que parou o chute de Elias Manoel no primeiro minuto de jogo e ao goleiro Marcos Felipe.

"A gente vem trabalhando sério, muito pesado, Sabemos que este ano está sendo difícil, mas enquanto houver chance a gente acredita e vai competir, não vai se entregar, como o time fez hoje e está todo mundo de parabéns. Vamos continuar lutando até o final. A vontade do torcedor é a mesma do que a nossa e juntos vamos sair dessa situação", desabafou o zagueiro Pedro Geromel após o apito final.

1. Sarará

John Kennedy, Mateus Sarara
Mateus Sarará é cria da base do Grêmio / Silvio Avila/GettyImages

Perto de completar 10 jogos como profissional, o meio-campista de 19 anos acertou 84% dos passes e participou também do setor ofensivo, fazendo inclusive lançamentos para explorar o jogo pelas pontas ou confundir a defesa tricolor pelo meio e teve participação direta no gol ao cruzar a bola para o gol de Diego Souza

2. John Kennedy

John Kennedy
John Kennedy participou de quase todas as jogadas ofensivas do Fluminense / Silvio Avila/GettyImages

Principal referência do time mesmo com a presença de Fred, o atacante voltava para buscar o jogo quando a situação estava difícil e incomodou bastante a experiente dupla formada por Geromel e Kannemann

3. Brenno

Brenno, John Kennedy
Goleiro é uma das revelações da base tricolor / Silvio Avila/GettyImages

Goleiro demonstrou segurança quando foi acionado, defendeu as cinco bolas que foram na direção do gol dele e saiu de campo sem ser vazado

O gol de cabeça no segundo tempo fez o torcedor soltar o grito de alívio e ganhar fôlego para somar o maior número de pontos possível e torcer por uma combinação de resultados para ficar na elite. Vice-lanterna, o tricolor atingiu 29 pontos, seis a menos do que o Santos, o primeiro clube fora da zona de rebaixamento. Sport, Juventude e a Chapecoense completam o Z-4.

facebooktwitterreddit