O site Pasión Libertadores, página da Conmebol feita por torcedores e dedicada à principal competição sul-americana , divulgou um ranking dos 30 clubes mais importantes da América do Sul. O primeiro colocado acabou sendo o Boca Juniors. O time argentino é seguido por dois grandes clubes brasileiros: São Paulo e Flamengo. No entanto, a lista consta com inúmeras imperfeições. Uma delas é a não contabilização do título da Libertadores conquistado pelo Atlético-MG no ano passado.


Para formular o ranking, foram utilizados como dados os números de títulos internacionais e o retrospecto na própria Libertadores. Além disso, foi levado em conta o número de torcedores em seus respectivos países e o fato de terem ou não estádios.

No caso do Flamengo, o número de sua torcida pesou bastante. O que acabou compensando o número inferior de títulos internacionais em relação a outros rivais, como o Independiente, e o fato não ter estádio próprio.


Outro dado curioso foi com relação ao Corinthians. A Conmebol considerou a existência da Arena Corinthians e do Pacaembu como casas do Timão. No entanto, o estádio onde será realizada a abertura da Copa foi considerado de “médio porte”. Além disso, o post no site Pasión Libertadores não reconhece o título mundial de 2000.


O mesmo critério de dois estádios não foi aplicado ao Nacional do Uruguai. A equipe possui o Parque Central como estádio próprio, porém eventualmente joga no Centenário.



Outra curiosidade: o Vasco não tem contabilizado o título do sul-americano de 1948. A própria Conmebol, no passado, havia colocado o torneio no mesmo patamar de importância da Libertadores.

Como ficou o ranking:


1) Boca Juniors: 50 pontos. 18 pontos (6 Libertadores e 3 Mundiais) + 4 pontos (4 vice-campeonatos da Libertadores e 9 outros títulos internacionais) + 16 pontos (16 milhões de torcedores) + 3 pontos (estádio grande)


2) São Paulo: 39 pontos. 12 pontos (3 Libertadores e 3 Mundiais) + 3 pontos (3 vice-campeonatos da Libertadores) +5 pontos (outros torneios internacionais) + 16 pontos (16 milhões de torcedores) + 3 pontos (estádio grande)


3) Flamengo: 38,5 pontos. 4 pontos (1 Libertadores e 1 Mundial) + 2 pontos (outros torneios internacionais) + 32 pontos (32 milhões de torcedores) + 0,5 pontos (estádio emprestado)


4) Independiente: 29 pontos. 18 pontos (7 Libertadores e 2 Mundiais) + 7 pontos (outros torneios internacionais) + 2 pontos (2 milhões de torcedores) + 2 pontos (estádio médio)


5) Corinthians: 26,5 pontos. 4 pontos (1 Libertadores e 1 Mundial) + 25 pontos (25 milhões de torcedores) + 0,5 ponto (estádio emprestado) + 2 pontos (estádio médio) – 3 pontos (já foi rebaixado)


6) Peñarol: 23,9 pontos. 16 pontos (5 Libertadores e 3 Mundiais) + 5 pontos (5 vice-campeonatos da Libertadores) + 1 ponto (outro torneio internacionai) + 1,4 ponto (1,4 milhão de torcedores) e 0,5 ponto (estádio emprestado)


7) River Plate: 22 pontos. 6 pontos (2 Libertadores e 1 Mundial) + 2 pontos (2 vice-campeonatos da Libertadores) + 2 pontos (outros torneios internacionais) + 12 pontos (12 milhões de torcedores) – 3 pontos (já foi rebaixado) + 3 pontos (estádio grande)


8) Nacional: 20,2 pontos. 12 pontos (3 Libertadores e 3 Mundiais) + 3 pontos (3 vice-campeonatos da Libertadores) + 2 pontos (outros torneios internacionais) + 1,2 ponto (1 milhão e 200 mil torcedores) + 2 pontos (estádio médio)


9) Santos: 20 pontos. 10 pontos (3 Libertadores 2 Mundiais) + 1 ponto (1 vice-campeonato da Libertadores) + 3 pontos (outros torneios internacionais) + 5 pontos (5 milhões de torcedores) + 1 ponto (estádio pequeno)


10) Internacional: 20 pontos. 6 pontos (2 Libertadores e 1 Mundial) + 1 ponto (1 vice-campeonato da Libertadores) + 4 pontos (outros torneios internacionais) + 6 pontos (6 milhões de torcedores) + 3 pontos (estádio grande)


11) Olimpia: 18,7 pontos. 8 pontos (3 Libertadores e 1 Mundial) + 3 pontos (3 vice-campeonatos da Libertadores) + 4 pontos (outros 4 torneios internacionais) + 2,7 pontos (2,7 milhões de torcedores) e 1 ponto (estádio pequeno)


12) Cruzeiro: 18 pontos. 4 pontos (2 Libertadores) + 2 pontos (2 vice-campeonatos da Libertadores) + 5 pontos (outros 5 torneios internacionais) + 7 pontos (7 milhões de torcedores) + 3 pontos (estádio grande) – 3 pontos (nunca conquistou Mundial)


13) Grêmio: 17 pontos. 6 pontos (2 Libertadores e 1 Mundial) + 2 pontos (2 vice-campeonatos da Libertadores) + 2 pontos (outros 2 torneios Internacionais) + 7 pontos (7 milhões de torcedores) + 3 pontos (estádio grande) – 3 pontos (já foi rebaixado)


14) Atlético Nacional: 16 pontos. 2 pontos (1 Libertadores) + 1 ponto (1 vice-campeonato da Libertadores) + 4 pontos (outros 4 torneios internacionais) + 9 pontos (9 milhões de torcedores) + 3 pontos (estádio grande) – 3 pontos (nunca conquistou Mundial)


15) Palmeiras: 15 pontos. 2 pontos (1 Libertadores) + 3 pontos (3 vice-campeonatos da Libertadores) + 1 ponto (outro torneio internacionai) + 12 pontos (12 milhões de torcedores) + 3 pontos (estádio grande) – 3 pontos (já foi rebaixado) – 3 pontos (nunca conquistou Mundial)


FONTE - http://blogs.lancenet.com.br/mundo/2014/05/14/site...