Copa do Mundo 2022

2 meses para a Copa: os 5 países que já sediaram duas Copas do Mundo

Matheus Nunes
Brasil não tem boas lembranças da última vez que foi anfitrião
Brasil não tem boas lembranças da última vez que foi anfitrião / Chris Brunskill Ltd/GettyImages
facebooktwitterreddit

Faltam dois meses para o início da Copa do Mundo, a 22ª edição do torneio mais importante do planeta bola. Você sabia que apenas cinco nações já receberam ele mais de uma vez? Para refrescar sua memória e entrar no clima de 'aquecimento' para o Catar o 90min relembra essas histórias a seguir...

1. México - 1970 e 1986

Foi na Copa do Mundo de 1970 que o Brasil conseguiu conquistar sua terceira Copa do Mundo, graças a Pelé e Jairzinho. Apenas 16 anos depois, foi novamente no México que todo o planeta testemunhou a Mão de Deus, lance protagonizado por Maradona que entrou para a história.

2. Brasil - 1950 e 2014

Alemanha 1 x 0 Argentina final Copa do Mundo 2014 no Maracana
Maracanã foi o palco das duas finais de Copa do Mundo realizadas no Brasil, a última delas o tetracampeonato da Alemanha / Amin Mohammad Jamali/GettyImages

Apesar de ser o país que mais venceu a Copa do Mundo, nas vezes que foi sede do torneio, decepcionou. Primeiro em 1950, perdendo para o Uruguai no famoso "Maracanazo". Já em 2014, foi humilhado pela Alemanha na semifinal no famoso 7 a 1.

3. Itália - 1934 e 1990

Os italianos foram responsáveis por sediar a segunda edição da Copa do Mundo, em 1934, sendo campeões em cima da Tchecoslováquia. Anos depois, também sendo os donos da casa, caíram para a Argentina na semifinal.

4. Alemanha - 1974 e 2006

Em seu primeiro ano organizando o Mundial, a Alemanha Ocidental conseguiu ser campeã do torneio. Porém, em 2006, perdeu nas semifinais para a Itália de Cannavaro. Esta segunda Copa ficou marcada pela cabeçada de Zidane em Materazzi.

5. França - 1938 e 1998

Na primeira Copa do Mundo sendo sede, a França fez uma campanha ruim e viu a Itália se tornar a seleção com mais títulos da época. Já em 1998, com Zinedine Zidane liderando o time, derrotaram o Brasil na final por 3 a 0, no Stade de France, e o troféu ficou lá mesmo.

facebooktwitterreddit