15 jogadores que estavam prestes a assinar e foram 'roubados' por outra equipe no último minuto

Thomas Savoia
Gremio v Liga de Quito - Copa Bridgestone Libertadores 2016
Gremio v Liga de Quito - Copa Bridgestone Libertadores 2016 / Lucas Uebel/Getty Images
facebooktwitterreddit

Tudo parecia feito. Muitos consideraram encerrada a contratação de um determinado jogador de futebol pelo seu novo clube. Porém, o avião muda de rumo e o jogador acaba em outro clube. Isso se repete muito mais vezes do que parece na história deste esporte. Revisamos algumas das transferências mais importantes que foram 'roubadas' :

1. Cristiano Ronaldo - Arsenal e Manchester United

Cristiano Ronaldo of Manchester United
Cristiano Ronaldo of Manchester United / Clive Brunskill/Getty Images

Cristiano Ronaldo já tinha viajado duas vezes a Londres e tinha negociações muito avançadas com o Arsenal. No entanto, ele jogou contra o Manchester United e se apaixonou por Ferguson. O escocês fez o seu clube fazer um esforço para contratá-lo.

2. Alfredo Di Stefano - Barcelona e Real Madrid

SOCCER-REAL MADRID-ALFREDO DI STEFANO
SOCCER-REAL MADRID-ALFREDO DI STEFANO / STAFF/Getty Images

Alfredo Di Stefano é a contratação mais importante da história da LaLiga, o jogador que mudou a história do Real Madrid. O argentino chegou às brancas e os madridistas venceram tudo. Poderia ter sido muito diferente, já que ele havia fechado a contratação pelo Barcelona. Os merengues se intrometeram no último minuto e o contrataram.

3. David Beckham - Barcelona e Real Madrid

Real Madrid's British midfielder David B...
Real Madrid's British midfielder David B... / PIERRE-PHILIPPE MARCOU/Getty Images

A contratação lembra muito Alfredo Di Stefano. Laporta havia assinado um pré-contrato com o Manchester United para levar o jogador ao Camp Nou. No entanto, ele nunca teve o sim de Beckham. Ele queria assinar pelo Real Madrid. Florentino apareceu, pôs a oferta em cima da mesa e levou-a ao Santiago Bernabéu. Laporta reagiu com a contratação de Ronaldinho.

4. Ronaldinho - Manchester United e Barcelona

Barcelona v Real Sociedad
Barcelona v Real Sociedad / Luis Bagu/Getty Images

O Real Madrid roubou a contratação de Beckham do Barcelona e, automaticamente, os catalães fizeram o mesmo com Ronaldinho, mas com o Manchester United, origem do time inglês. Um dominó de roubo.

5. Dudu - Corinthians, São Paulo e Palmeiras

Palmeiras v Fortaleza - Brasileirao Series A 2019
Palmeiras v Fortaleza - Brasileirao Series A 2019 / Miguel Schincariol/Getty Images

Corinthians e São Paulo brigavam pela contratação de Dudu ao final do Campeonato Brasileiro de 2014. Enquanto os dois clubes não tinham tudo 100% resolvido, o Palmeiras entrou na história e deu um chapéu em seus rivais.

6. Romelu Lukaku - Chelsea e Manchester United

Manchester United v Chelsea FC - Premier League
Manchester United v Chelsea FC - Premier League / Matthew Ashton - AMA/Getty Images

O Chelsea vendeu Lukaku para o Everton em 2014. Três anos depois, eles queriam tê-lo de volta. O acordo estava no caminho certo, mas o Manchester United chegou com 80 milhões de euros. Lukaku então preferiu vestir a camisa dos red devils.

7. Dani Alves - Manchester City e PSG

Paris Saint-Germain v FC Nantes - Coupe de France: Semi Final
Paris Saint-Germain v FC Nantes - Coupe de France: Semi Final / Catherine Steenkeste/Getty Images

Pep Guardiola queria levar Dani Alves ao Manchester City. Todos os consideravam certos, até o clube e o jogador. Dani Alves mudou de ideias no último minuto e assinou pelo Paris Saint-Germain.

8. Ronaldinho - Grêmio, Palmeiras e Flamengo

Flamengo v Lanus - Copa Libertadores 2012
Flamengo v Lanus - Copa Libertadores 2012 / Buda Mendes/Getty Images

Ronaldinho tentava assinar sua volta ao futebol brasileiro e estava negociando com Grêmio, Palmeiras e Flamengo ao mesmo tempo. Grêmio e Palmeiras não chegaram a um acordo com o R10 que acabou indo para o Flamengo.

9. Willian - Tottenham e Chelsea

Sheffield United v Chelsea FC - Premier League
Sheffield United v Chelsea FC - Premier League / Visionhaus/Getty Images

Willian ia assinar pelo Tottenham. O jogador tinha até passado no exame médico. No entanto, as boas relações de Abramovich com o clube local fizeram com que as negociações dessem uma reviravolta e o atacante acabasse em Stamford Bridge.

10. Henrique Almeida - Internacional e Grêmio

Gremio v Liga de Quito - Copa Bridgestone Libertadores 2016
Gremio v Liga de Quito - Copa Bridgestone Libertadores 2016 / Lucas Uebel/Getty Images

Henrique Almeida vinha fazendo uma ótima temporada no Coritiba. Dias depois foi visto assistindo um jogo do Internacional no Beira-Rio e tudo indicava que ia assinar pelo Inter. Duas semanas depois a transferência para Porto Alegre de fato aconteceu, mas foi para seu rival Grêmio.

facebooktwitterreddit