Futebol Internacional

13 grandes jogadores que voltaram aos clubes onde se destacaram

Lucas Humberto
Renato Gaúcho brilhou no Grêmio na década de 80 e voltou nos anos 90
Renato Gaúcho brilhou no Grêmio na década de 80 e voltou nos anos 90 / Alexandre Schneider/Getty Images
facebooktwitterreddit

O filho pródigo retorna ao lar! Uma das histórias favoritas dos torcedores acontece quando um grande jogador volta para um clube depois de uma passagem vitoriosa. Abaixo, reunimos exemplos de atletas brasileiros e internacionais que optaram por defender as cores de um mesmo uniforme em duas ocasiões distintas.

12. Ivan Rakitić no Sevilla

Ivan Rakitic Sevilla Barcelona Lopetegui
Rakitić durante pré-temporada / Quality Sport Images/Getty Images

Um dos muitos movimentos brilhantes de Monchi no Sevilla, Ivan Rakitić deu um grande salto na carreira em 2014, quando chamou atenção do Barcelona e rumou ao Camp Nou. Depois de seis temporadas nos culés, voltou ao time de Julen Lopetegui.

11. Marcelinho Carioca no Corinthians

Marcelinho Carioca Corinthians Flamengo
Marcelinho Carioca é um dos grandes ídolos do Corinthians / MARIE HIPPENMEYER/Getty Images

Tido como um dos grandes ídolos do Timão nos anos 90, Marcelinho Carioca não se contentou em mostrar todo seu potencial somente uma vez. Foram três passagens separadas, sendo a mais recente em 2006, já nos anos finais da sua carreira.

10. Fernando Torres no Atlético de Madrid

Fernando Torres Atlético de Madrid LaLiga Chelsea Milan
Fernando Torres se formou nas categorias de base do Atlético de Madrid / Power Sport Images/Getty Images

Formado nas categorias de base do Atlético de Madrid, Fernando Torres ficou sete anos em LaLiga antes de defender as cores do Liverpool, Chelsea e Milan, sequencialmente. Retornou aos rojiblancos em 2015, ficando durante três temporadas.

9. Gareth Bale no Tottenham

Gareth Bale Tottenham Real Madrid
Bale tem grande identificação com o Tottenham / MIKE EGERTON/Getty Images

Uma das contratações mais caras da história, Gareth Bale fez o Real Madrid pagar 101 milhões de euros ao Tottenham para buscar o galês. Depois de seis temporadas, o atacante voltou aos Spurs por empréstimo, onde permaneceu até o fim da última temporada.

8. Zico no Flamengo

Zico e Flamengo não viveram um romance de verão. Pelo contrário, depois de uma passagem estrelada entre os anos de 1971 e 1983, era necessário repetir a dose. O Galinho de Quintino voltou em 1985 e permaneceu até 1989.

7. Paul Pogba no Manchester United

Manchester United  Pogba Juventus
Pogba é um dos principais jogadores do Manchester United / ALEKSANDRA SZMIGIEL/Getty Images

Furada? O Manchester United deve se arrepender amargamente de ter deixado Pogba sair praticamente de graça em 2011 rumo à Juventus, quando o francês tinha apenas 18 anos. Cinco temporadas mais tarde, os Red Devils desembolsaram 120 milhões de euros para trazê-lo de volta. Hoje, ele é uma das peças mais importantes do elenco.

6. Andriy Shevchenko no Dínamo de Kiev

Andriy Shevchenko Milan Dínamo de Kiev Ucrânia
Jogador fez história no Milan / Laurence Griffiths/Getty Images

Formado nas categorias de base do Dínamo de Kiev, onde atuou seis temporadas, Shevchenko se tornou uma estrela no Milan. Depois de uma breve passagem no Chelsea e um retorno ainda mais curto aos rossoneros, ele encerrou sua carreira no clube da Ucrânia.

5. Piqué e Fàbregas no Barcelona

Gerard Pique, Cesc Fabregas Espanha Barcelona Premier League
Dupla também atuou na seleção espanhola / David Ramos/Getty Images

Ambos deram seus primeiros passos no Barcelona, mas não passaram pelo processo natural de subir ao time principal. Piqué rumou ao Manchester United, e Fàbregas foi para o Arsenal. O zagueiro retornou em 2008 e, após 13 anos, é um dos grandes ídolos recentes no Camp Nou. O meia, por sua vez, voltou aos culés em 2012 e ficou três anos.

4. Thierry Henry no Arsenal

Thierry Henry Arsenal MLS Barcelona Premier League
Henry é um dos nomes mais importantes da história do Arsenal / Claudio Villa/Getty Images

Thierry Henry e Arsenal tiveram um dos casamentos mais prósperos da história recente da Premier League. O francês se transformou numa lenda dos Gunners, onde atuou entre 1997 e 2007. Depois de passar pelo Barcelona e Major League Soccer (MLS), o atacante encerrou sua carreira no clube inglês.

3. Didier Drogba no Chelsea

Didier Drogba Chelsea Galatasaray
Drogba foi protagonista nos títulos mais importantes da história do Chelsea / Ian MacNicol/Getty Images

Quando Roman Abramovich buscou Didier Drogba no Olympique de Marselha, ele talvez não soubesse que o atacante se transformaria numa lenda. Após oito anos frutíferos no Chelsea, o marfinense se despediu e foi defender as cores do Galatasaray. Dois anos mais tarde, voltou ao Chelsea para uma última dança.

2. Zlatan Ibrahimović no Milan

Zlatan Ibrahimovic Milan Barcelona
Centroavante segue no Milan / Marco Canoniero/Getty Images

Com algumas das equipes mais importantes do futebol mundial no currículo, Ibrahimović poucas vezes foi tão brilhante quanto no Milan. Contratado pelo Barcelona em 2010, o centroavante sueco retornou aos rossoneri em 2020 e, atualmente, é parte fundamental do time.

1. Renato Gaúcho no Grêmio

São tantas idas e vindas na relação de Renato Gaúcho e Grêmio, que fica difícil delimitar tantas passagens. Formado nas categorias de base do Imortal, Portaluppi ficou no clube de Porto Alegre entre 1982 e 1987. Anos mais tarde, voltaria para uma breve passagem em 1991. Depois, como técnico, aumento sua idolatria em três passagens, sendo a última detalhes muito vitoriosa entre 2016 e 2021

facebooktwitterreddit