Listas

11 contratações de clubes da Superliga Europeia que custaram fortunas desnecessárias

Lucas Humberto
Apr 21, 2021, 4:05 PM GMT-3
Eden Hazard, Gareth Bale, Diego Costa e mais: confira 10 transações financeiras que não ajudaram os clubes da falida Superliga.
Eden Hazard, Gareth Bale, Diego Costa e mais: confira 10 transações financeiras que não ajudaram os clubes da falida Superliga. / Perez Meca/MB Media/Getty Images
facebooktwitterreddit

A Superliga Europeia prometeu valores astronômicos aos clubes participantes. No entanto, como era de se esperar, torcedores manifestaram contra o conceito do torneio e grande parte das equipes fundadoras anunciaram desistência. Se a questão econômica realmente falou tão alto assim, esses times poderiam ter revisto seus principais investimentos em jogadores.

Relembramos alguns atletas que foram contratados por clubes da falida Superliga e envolveram quantias faraônicas.

10. Diego Costa (60 milhões de euros)

Diego Costa Atlético de Madrid LaLiga Chelsea Superliga Europeia
Diego Costa está sem clube. / Denis Doyle/Getty Images

Atualmente sem clube, Diego Costa trocou o Atlético de Madrid pelo Chelsea em 2014. Na ocasião, as negociações envolveram 38 milhões de euros. Quatro anos mais tarde, o atacante retornou ao Atleti por 60 milhões de euros, mas não conseguiu justificar tamanho investimento.

9. Kepa Arrizabalaga (80 milhões de euros)

Kepa Arrizabalaga Chelsea Goleiro Superliga Europeia
Kepa está entre os goleiros mais caros da história. / Fran Santiago/Getty Images

O goleiro espanhol deixou o Athletic Bilbao e rumou ao Chelsea após pagamento da cláusula de rescisão em agosto de 2018. Kepa perdeu sua vaga ainda na equipe de Frank Lampard e não convenceu Thomas Tuchel, que prefere utilizar Edouard Mendy na meta dos Blues.

8. Eden Hazard (100 milhões de euros)

Eden Hazard Real Madrid LaLiga Champions League Superliga Europeia
Hazard deve retornar aos gramados ainda neste mês de abril. / Soccrates Images/Getty Images

O atacante belga chegou ao Real Madrid no verão de 2019 por 100 milhões de euros mais algumas taxas variáveis que nunca foram divulgadas. Hazard é importante no esquema tático de Zidane, mas não compensou investimentos tão altos. Vem sofrendo com lesões recorrentes desde que chegou ao gigante espanhol.

7. Gareth Bale (101 milhões de euros)

Gareth Bale Tottenham Spurs Real Madrid LaLiga Premier League Superliga Europeia
Gareth Bale em ação pelos Spurs. / Clive Rose/Getty Images

O ponta do Real Madrid, atualmente emprestado ao Tottenham, foi comprado por 101 milhões de euros. Além do alto investimento nas tratativas, Bale recebe 15 milhões líquidos de salário por ano. Embora seja uma figura importante nos clubes onde passou, ele não vale tanto dinheiro assim...

6. Paul Pogba (105 milhões de euros)

Paul Pogba Manchester United Premier League Juventus Superliga Europeia
O francês vai bem em alguns jogos, mas não justificou valores tão altos. / Gareth Copley/Getty Images

A Juventus não precisou pagar nada para tirar Pogba do Manchester United em 2012. Depois de quatro temporadas na Itália, ele retornou aos Red Devils por 105 milhões de euros e até consegue boas atuações de vez em quando, mas não justifica valores tão altos.

5. Cristiano Ronaldo (117 milhões de euros)

Cristiano Ronaldo Champions League Superliga Europeia Série A Real Madrid
Juventus de Cristiano Ronaldo foi eliminada novamente na Champions League. / Jonathan Moscrop/Getty Images

CR7 foi negociado por 117 milhões de euros. Ainda que a quantia seja relativamente alta, sobretudo pela idade do atacante, esse número nem é tão surpreendente quanto a diferença salarial na Velha Senhora.

Ronaldo recebe 31 milhões de salário líquido, sendo que o segundo atleta da Velha Senhora com maior remuneração ganha 8 milhões de euros. Até hoje ele não conseguiu chegar no maior objetivo do clube de Turim: a Champions League.

4. Philippe Coutinho (120 milhões de euros)

Philippe Coutinho Barcelona LaLiga Superliga Europeia
Coutinho decepcionou no Barcelona. / Alex Caparros/Getty Images

Coutinho carrega status de contratação mais cara da história do Barcelona, porém nunca apresentou futebol no clube para justificar os 120 milhões fixos investidos no jogador, mais 40 milhões pelas taxas variáveis. O clube já pagou 135 milhões dos 160 acordados, mas nunca teve retorno positivo dentro das quatro linhas.

3. Contrato de Lionel Messi

Lionel Messi Athletic Bilbao Barcelona LaLiga Superliga Europeia Copa del Rey
Contrato de Messi envolve valores faraônicos. / Soccrates Images/Getty Images

Messi recebe uma quantia fixa de 50 milhões de euros líquido, além de diversos bônus que aumentam esse valor para 66,2 milhões. Nesse caso, não é questão de rendimento dentro das quatro linhas, visto que o argentino segue entregando atuações de primeiro nível, porém manter um contrato com esses termos pode deixar qualquer cube no vermelho, até mesmo o Barcelona.

2. Salários dos goleiros do Manchester United

Dean Henderson David De Gea Manchester United Red Devils Old Trafford Premier League Superliga Europeia
De Gea perdeu sua titularidade absoluta nos Red Devils. / Laurence Griffiths/Getty Images

De Gea completa 10 anos em Old Trafford neste verão e, desde sua renovação contratual em 2019, passou a ganhar um salário de aproximadamente 22 milhões de euros. Dean Henderson, arqueiro reserva com participações pontuais, recebe cerca de 6 milhões de euros.

1. Salário de Mesut Özil

Mesut Ozil Arsenal Premier League Fenerbahçe Superliga Europeia
Ozil ficou no Arsenal entre 2013 e 2020. / Harriet Lander/Copa/Getty Images

O alemão saiu do Real Madrid e foi negociado pelo Arsenal por 47 milhões de euros. Justo. No entanto, seu salário ultrapassou 20 milhões de euros por temporada, valor que simplesmente não se justifica, visto que ele ficou parado de março de 2020 até sua estreia no Fenerbahçe, que aconteceu no mês de fevereiro de 2021.

facebooktwitterreddit