10 momentos marcantes na carreira de Javier Mascherano

Nov 21, 2020, 9:05 AM GMT-3
Javier Mascherano
Spain v Argentina -International Friendly | Soccrates Images/Getty Images
facebooktwitterreddit

No último domingo (15), o atleta argentino Javier Mascherano anunciou sua aposentadoria do futebol. O anúncio foi feito em uma coletiva de imprensa do Estudiantes, clube o qual estava atuando em seu retorno ao futebol argentino.

Mascherano teve longa e vitoriosa trajetória no futebol europeu, principalmente pelo Barcelona, onde conquistou seus títulos de maior expressão na carreira - destacam-se duas Ligas dos Campeões, quatro campeonatos espanhóis e dois Mundial de Clubes.

Pela Argentina, foi um dos grandes nomes e referências nas últimas duas décadas, conquistando o ouro olímpico duas vezes, e sendo um dos líderes na ótima campanha do vice-campeonato da Copa do Mundo de 2014. Além disso, é o jogador argentino que mais vezes foi convocado para a seleção principal albiceleste, ao lado de Javier Zanetti, com 146 convocações no total. Ao todo, disputou quatro Copas do Mundo com a camisa da Argentina - 2006, 2010, 2014 e 2018.

No entanto, não se trata definitivamente de uma despedida do futebol. Isso porque Javier Mascherano foi aprovado nos cursos da ATFA (Associação de Treinadores do Futebol Argentino), excelente escola de formação de treinadores de futebol. Com isso, Masche já está apto para assumir qualquer equipe, inclusive o Estudiantes, clube que estava atuando.

Em meio às homenagens ao tão vitorioso e histórico Javier Mascherano, listamos aqui dez momentos marcantes de sua carreira. Confira:

10. Estreia na seleção

Argentina's soccer player Javier Mascher
Argentina's soccer player Javier Mascher | KARIM JAAFAR/Getty Images

Mascherano teve um início um tanto quanto curioso na seleção argentina. O ex-técnico da albiceleste Marcelo Bielsa havia o convocado antes mesmo do jogador ter estreado pelo River Plate, clube em que começou a carreira. Em julho de 2003, entrou no decorrer da partida contra o Uruguai, em amistoso de inauguração do Estádio Ciudad de La Plata. No mesmo ano, Mascherano defendeu a Argentina no Mundial sub-20.

9. Estreia no River Plate

Javier Mascherano de River Plate de Arge
Javier Mascherano de River Plate de Arge | RODRIGO BUENDIA/Getty Images

Um pouco depois de sua estreia com a seleção principal, Javier Mascherano começou a dar seus primeiros passos com a camisa do RIver, Foi com o técnico Manuel Pellegrini que ele teve sua primeira oportunidade, atuando na vitória millonaria contra o Nueva Chicago no Monumental.

8. O primeiro ouro olímpico

Javier Mascherano, Roberto Ayala
Mens Football Gold Contest Argentina v Paraguay | Shaun Botterill/Getty Images

Em 2004, conquistou o ouro olímpico com uma seleção argentina recheada de craques. Novamente com Bielsa no comando técnico, Mascherano atuou em seis partidas na trajetória dos argentinos rumo à medalha de ouro em Atenas.

7. Campeão do Brasileirão com o Corinthians

Corinthians Argentine Javier Mascherano
Corinthians Argentine Javier Mascherano | MAURICIO LIMA/Getty Images

Certamente sua passagem no futebol brasileiro foi determinante em sua ida ao futebol europeu. Em 2005, defendia a equipe do Corinthians junto com seus hermanos Carlitos Tévez e Seba Domínguez, conquistando o título brasileiro em uma temporada histórica. Mascherano causou uma ótima impressão no clube brasileiro, e rumou à Europa para fazer mais história.

6. Final da Champions League com o Liverpool

Andrea Pirlo, Javier Mascherano
UEFA Champions League Final: Liverpool v AC Milan | Shaun Botterill/Getty Images

No futebol inglês, teve uma breve passagem no West Ham antes de rumar ao Liverpool e ter um ótimo início de passagem por lá. Em seu primeiro ano com os Reds, disputou a final da Liga dos Campeões contra o Milan. Novamente em Atenas - cidade onde conquistou o ouro olímpico com a Argentina -, o atleta argentino saiu com o vice-campeonato após derrota por 2-1 para os italianos.

5. Títulos e mais títulos pelo Barcelona

Barcelona's Argentinian midfielder Javie
Barcelona's Argentinian midfielder Javie | CARL DE SOUZA/Getty Images

Mascherano já era importantíssimo para o clube blaugrana já em sua primeira temporada na Catalunha. Com Guardiola, se tornou um grande zagueiro e foi um dos destaques do título da UCL em seu primeiro ano de clube. No total, foram 19 títulos defendendo o azul e grená e oito temporadas de altíssimo nível.

4. Copa do Mundo de 2014: herói em uma campanha improvável

Arjen Robben, Sergio Romero, Javier Mascherano
Netherlands v Argentina: Semi Final - 2014 FIFA World Cup Brazil | Julian Finney/Getty Images

Mascherano sempre foi um líder na seleção argentina, mas em 2014 se tornou herói. Nas semis contra a Holanda, tirou de forma limpa e sensacional um lance perigoso do holandês Arjen Robben, Um desarme no momento exato no que poderia ser o gol da classificação do adversário, dando mais força na histórica classificação para a final no Maracanã.

3. Os vices com a Argentina

FBL-WC-2014-MATCH64-GER-ARG
FBL-WC-2014-MATCH64-GER-ARG | FRANCOIS XAVIER MARIT/Getty Images

Apesar de uma história muito bonita defendendo seu país, Mascherano esteve em cinco vice-campeonatos da Argentina. Frustação em momentos decisivos e tristeza. Dessas cinco, quatro foram em Copa América - 2004, 2007, 2015 e 2016 -, e uma foi a final da Copa do Mundo de 2014, no Brasil.

2. O adeus na seleção albiceleste

FBL-WC-2018-MATCH50-FRA-ARG
FBL-WC-2018-MATCH50-FRA-ARG | JEWEL SAMAD/Getty Images

Em uma Copa bem conturbada para os argentinos, Mascherano se despediu após a eliminação para a campeã França nas oitavas de final, em uma derrota por 4-2. O argentino ficou 15 anos ininterruptos defendendo a Argentina, disputando quatro Copas do Mundo no total.

1. Retorno ao futebol argentino e sua aposentadoria no Estudiantes

Juan Sebastian Veron, Javier Mascherano
Estudiantes Unveils Javier Mascherano As New Player | Jam Media/Getty Images

Depois de curta passagem no futebol chinês, Mascherano decidiu por dar seus últimos toques na bola na Argentina. Em seu retorno, o tradicional Estudiantes de La Plata abriu as portas para o atleta poder encerrar sua carreira em território argentino. No total, foram onze partidas disputadas, sendo a última sendo em confronto com o Argentinos Juniors. Ao final do jogo, anunciou sua aposentadoria em coletiva.

facebooktwitterreddit