Futebol Internacional

10 jogadores que brilharam no futebol europeu depois de terem sido desacreditados

Wéverton Rodrigues
No início da carreira, Lewandowski foi apelidado de "fail goals"
No início da carreira, Lewandowski foi apelidado de "fail goals" / James Williamson - AMA/GettyImages
facebooktwitterreddit

Quantas não são as promessas que, em meio à dinâmica do futebol, acabam frustrando as expectativas ao longo de uma carreira que pouco decola. Há, na contramão disso, casos de jogadores que aparentam não render muita coisa além daquilo, mas que se revelam, surpreendentemente, como peças que marcam a história do futebol para sempre. Você pode até não lembrar de todos lá em sua origem, mas certamente já ouviu falar em cada um destes nomes que até hoje seguem representando pesadas camisas do futebol mundial.

10. Pogba

Paul Pogba
Pogba segue com seu futuro indefinido dede que deixou o United / Chris Brunskill/Fantasista/GettyImages

Apesar da recente saída do Manchester United, tendo de enfrentar reprovação de parte da torcida, Paul Pogba é um daqueles jogadores que não recebe o devido crédito como o excelente meio-campista que é. E isso já foi ainda pior um dia, mais precisamente antes de ser notado pela Juventus. Lá, firmou-se como um dos meio-campistas mais talentosos do mundo.

9. Aubameyang

De início de carreira tímido no Saint Etienne até a transferência ao Dortmund que mudaria para sempre a sua carreira, 'Alba' é um destes casos de jogadores que brilharam depois de já desacreditados.

Com passagem de 92 gols em quase cinco temporadas pelo Arsenal, o atleta chegou ao Barcelona com faro de gol apurado: já são 13 gols em 23 jogos com a camisa do time catalão.

8. Harry Kane

Harry Kane
Harry Kane dedicou grande parte de sua carreira ao Tottenham / Pete Norton/GettyImages

Pode parecer loucura falar que, apesar do faro de gol apuradíssimo que o torna um dos melhores 'strikers' de todos os tempos, Harry Kane passou por muita desconfiança na carreira. Das categorias de base do Tottenham, teve passagens por Leyton Orient, Millwall, Norwich e Leicester.

Ao voltar para os Spurs em 2013, passou a acumular cada vez mais bolas nas redes, tornando-se referência mundial na posição que ocupa. Em nove temporadas com a camisa do time londrino, seu melhor desempenho foi em 2017/2018, quando marcou 41 gols em 48 jogos.

7. Lukaku

Romelu Lukaku
Apesar do mal momento, Lukaku já mostrou várias vezes que é atacante de nível mundial / Visionhaus/GettyImages

Outro centroavante que volta e meia se ouve falar que não foi muito bem aproveitado pelo Chelsea é Romelu Lukaku. Julgado como não tendo o nível necessário para atuar no clube londrino à época, o belga precisou mostrar o seu valor no rival Manchester United, onde marcou 42 gols em duas temporadas. Além disso, ele ainda brilhou pela Inter de Milão, marcando 64 gols em duas temporadas vestindo a camisa dos nerazzurri, com direito a título italiano. 

6. Kevin de Bruyne

Kevin De Bruyne
Kevin de Bruyne foi campeão inglês na última temporada / Michael Regan/GettyImages

Tido por muitos como o melhor meio-campista do mundo, De Bruyne chegou ao Chelsea  por empréstimo junto ao Werder Bremen, mas não conseguiu mostrar todo o seu talento por lá. Faltaram-lhe oportunidades, afinal!

Hoje, anos depois, o jogador já se tornou um dos maiores ídolos da história do Manchester City, tendo conquistado quatro vezes a Premier League.

5. Salah

Mohamed Salah - Winger - Born 1992
Salah tem seu melhor momento na carreira com a camisa do Liverpool / Visionhaus/GettyImages

A exemplo do belga, Salah chegou ao Chelsea - contratado junto ao Basel - para tentar deslanchar na carreira, mas acabou não tendo sequência e, assim, precisou passar por Fiorentina e Roma para mostrar do que era capaz.

Acontece que, quando ainda era comandado pelo técnico José Mourinho, passou novamente pela situação de ser subestimado e, ao ser dispensado pelo treinador português, mudou-se para construir uma história única no Liverpool

4. Iniesta

Iniesta
Iniesta se tornou um dos melhores meio-campistas do mundo quando atuava com a camisa do Barça / Matthew Ashton - AMA/GettyImages

Outro jogador com níveis extraordinários na carreira, Iniesta foi preterido no Barcelona antes de ter sua jornada vitoriosa e admirável pelo time catalão. Depois disso, foram 15 temporadas jogando acima da média com a camisa dos culés, com direito a quatro Champions League.

3. Ibrahimovic

Zlatan Ibrahimovic
Ibrahimovic levantou seu segundo 'Scudetto' com o Milan / Nicolò Campo/GettyImages

Jogador de muitas equipes, Ibra é um daqueles nomes únicos de cada esporte. Personalidade é, certamente, seu sobrenome. De início difícil e de alguns poucos momentos apagados, Ibrahimovic, hoje aos 40 anos e recém campeão italiano com a camisa do Milan, é um dos nomes mais superlativos do esporte a nível mundial.

Sua melhor temporada como jogador foi em 2015/2016, quando vestia a camisa do PSG e marcou 50 gols em 51 jogos disputados.

2. Lewandowski

Robert Lewandowski Futebol Bayern Munique
Lewandowski é o atual melhor jogador do mundo / James Williamson - AMA/GettyImages

Pensar que Lewandowski acabou sendo subestimado em algum momento da sua vida é algo que somente o futebol, magnífico que é - em todos os sentidos possíveis, desde a queda à glória -, pode proporcionar na carreira de um atleta de ponta que acaba passando por momentos difíceis.

Apelidado de "fails goals", ele se tornou um dos melhores jogadores de todos os tempos tendo como maior virtude o poder de finalização. Com destaque no Borussia Dortmund, mudou-se de endereço na Alemanha e passou a defender as cores do Bayern de Munique, onde já conquistou nove ligas nacionais, uma Champions League e, ainda, o prêmio de melhor jogador do mundo.

1. Messi

Lionel Messi Argentina Futebol internacional
Messi foi campeão da Finalíssima com a seleção da Argentina / Visionhaus/GettyImages

Para fechar a lista, Lionel Messi, simplesmente eleito sete vezes o melhor jogador do mundo. De baixa estatura, foi contestado e associado a um futuro não tão promissor assim. Mas onde devem estar aqueles que chegaram a afirmar isso, não é mesmo?

Leo Messi, ano após ano, tornou-se um dos expoentes do futebol na história ao longo do tempo, passando incríveis 17 temporadas no time principal do Barcelona.

facebooktwitterreddit