Transferências

As contratações mais caras das últimas 10 temporadas no futebol 

Wéverton Rodrigues
Neymar foi contratado pelo PSG por 222 milhões de euros
Neymar foi contratado pelo PSG por 222 milhões de euros / John Berry/GettyImages
facebooktwitterreddit

As transferências envolvendo altas cifras são cada vez mais comuns no futebol. Na atual pré-temporada, os nomes seguem agitando o mercado, seja pelas contratações já realizadas - como são os casos de Haaland e Darwin Núñez, por Manchester City e Liverpool, respectivamente - ou pelas investidas por parte dos gigantes do Velho Continente nas grandes chances de mercado que podem vir a acontecer nas próximas semana.

Pensando nisso, estas são, a saber, as contratações mais caras das últimas 10 temporadas no futebol mundial.

10. Hulk (2012)

Hulk
Hulk em ação pelo Zenit / Epsilon/GettyImages

Por 55,8 milhões de euros, o Shanghai Port acabou fazendo a contratação mais cara daquela janela. Junto ao Zeni, Hulk foi levado pelo time chinês mesmo com outros times interessados no futebol do atacante brasileiro.

9. Gareth Bale (2013)

Gareth Bale
Galês marcou 71 gols em 237 jogos pelos Spurs / Phil Cole/GettyImages

Quando foi contratado junto ao Tottenham, Gareth Bale custou 101 milhões de euros aos cofres do Real Madrid, tornando-se a transação mais cara daquele ano. 

8. Luis Suárez (2014)

Luis Suárez
Uruguaio foi campeão da Copa da Liga Inglesa pelos Reds / ANDREW YATES/GettyImages

Ídolo no Liverpool, o atacante uruguaio foi adquirido pelo Barcelona sob o valor de 81 milhões de euros. Também ídolo no Barça, ele conquistou uma UEFA Champions League com a camisa blaugrana.

7. Kevin De Bruyne (2015)

Kevin De Bruyne no Wolfsburg
Belga disputou praticamente três temporadas pelo Wolfsburg / Boris Streubel/GettyImages

Destaque com a camisa do Wolfsburg, Kevin De Bruyne foi contratado por 74 milhões de euros pelo Manchester City para jogar a Premier League. O jovem meio-campista belga hoje é ídolo no time comandado por Pep Guardiola.

6. Paul Pogba (2016)

Paul Pogba
Paul Pogba ficou quatro temporadas na Juventus / Dino Panato/GettyImages

Contratação mais cara da história em 2016, Pogba acabou sendo adquirido pelo Manchester United por 105 milhões de euros. 

5. Neymar (2017)

Luis Suarez, Neymar
Neymar em ação pelo Barcelona ao lado de Suárez / David Ramos/GettyImages

A contratação mais cara da história do futebol é a de um brasileiro. Em 2017, o PSG desembolsou 222 milhões de euros pelo atacante Neymar, que chegou sob status de estrela. Para isso, o time francês precisou pagar a cláusula de rescisão do jogador com o time do Barça para levá-lo para a França.

4. Mbappé (2018)

Mbappe
Francês trocou Monaco pelo PSG em agosto de 2017 / VALERY HACHE/GettyImages

Atual companheiro de time de Neymar, o francês chegaria apenas um ano depois ao PSG. E foi sob o valor de 135 milhões de euros que ele foi contratado junto ao Monaco, comprado em definitivo depois de ter passado um período de empréstimo.

3. João Félix (2019)

Joao Felix
Atacante português viveu a melhor fase da carreira no Benfica / Gualter Fatia/GettyImages

Em 2019, o time que mais pagou para contar com os serviços de um jogador foi o Atlético de Madrid. Foram 127 milhões de euros pagos pelos rojiblancos para o Benfica para contar com os serviços do promissor meia-atacante portugues.

2. Havertz (2020)

FBL-EUR-C3-INTER MILAN-LEVERKUSEN
Atacante de 23 anos deu os primeiros passos da carreira no Leverkusen / MARTIN MEISSNER/GettyImages

O Chelsea pagou 80 milhões de euros para contar com o jovem Havertz em 2020, que pertencia ao Bayer Leverkusen. O jogador viria a ser o autor do gol do título tanto da Champions League quanto do Mundial de Clubes em 2022, contra o Palmeiras.

1. Jack Grealish (2021)

Jack Grealish
Inglês é formado na base dos Villans / Alex Morton/GettyImages

Quando saiu do Aston Villa para vestir a camisa do Manchester City, Grealish representou um investimento de 120 milhões de euros aos cofres dos Citizens. Apesar da chegada sob holofotes, ele ainda não engrenou com a camisa do time do Etihad Stadium, mas certamente deve ganhar novas chances com Pep Guardiola na próxima temporada. 

facebooktwitterreddit