​A situação do ​Cruzeiro no Campeonato Brasileiro é tão dramática que vários jogadores mal conseguem dormir durante a semana. É bem verdade que a Raposa já esteve pior na tabela e hoje só depende de si para sair do Z-4, mas as chances desperdiçadas - a última contra o Fortaleza, no último sábado (26) - preocupam demais o elenco. O meia Robinho concedeu entrevista coletiva nesta terça (29) na Toca da Raposa II e revelou que tem sofrido demais com o momento delicado do clube na temporada


"É horrível. Espero não me acostumar com isso (estar no Z-4), é muito chato", desabafou o camisa 19, que vem se cobrando demais pelas más atuações da equipe, principalmente com os erros sucessivos no último passe. "Isso tem me incomodado muito nos últimos jogos, talvez a gente tenha tentado mais porque não estamos fazendo muito gols. Talvez eu posso estar forçando um pouco mais do que o normal, faltando um pouco mais de movimentação... só sei que preciso melhorar", completou o meia. 


Robinho,Patrick

De fato, Robinho é um dos jogadores mais cobrados pelos cruzeirenses, na arquibancada e nas redes sociais. Além da autocrítica, o meia também vem exigindo do colega Thiago Neves, outro que está em baixa com a diretoria e a Nação Celeste. "Tenho me cobrado muito e conversado com o Thiago, falando que precisamos acertar mais, precisamos jogar mais perto, nos movimentarmos melhor, porque muitas vezes parece que estamos correndo 'errado'. Afinal somos os homens da criação das jogadas. Espero poder melhorar, isso tem me deixado sem dormir algumas noites", admitiu o armador. 

A obsessão de Robinho é tamanha para tirar o Cruzeiro da zona de rebaixamento que já observa a tabela do Brasileirão com atenção. Nesta quinta (31), a Raposa vai ao Rio de Janeiro encarar o Botafogo e depende de si para deixar o Z-4, já que Ceará e Fluminense, dois clubes acima dos mineiros na tabela, fazem duelo direto na rodada. Em caso de empate na Arena Castelão e vitória celeste, o time de Abel Braga poderá ultrapassar os dois e estacionar na 15ª colocação.