​Na tarde deste sábado (20), o ​Palmeiras acertou oficialmente o empréstimo do atacante Felipe Pires para o Fortaleza. O Hoffenheim, da Alemanha, que detém os direitos econômicos e federativos do jogador, aceitou cedê-lo agora ao time comandado por Rogério Ceni após má passagem pela Academia de Futebol. Ele já deixou a concentração do elenco de Felipão e permanece na capital cearense até o final do ano. 


A rescisão de Felipe Pires já era esperada por Felipão, que deu aval para a negociação, já que não vinha utilizando o atacante nos últimos jogos. Outra informação, todavia, pode significar uma preocupação a mais para o diretor-executivo Alexandre Mattos - de acordo com nossa apuração, o zagueiro Luan foi sondado pelo Real Bétis, da Espanha, e também o Porto, de Portugal. 


Luan

O bom desempenho do defensor, que é titular absoluto junto de Gustavo Gómez desde 2018, foi o bastante para atrair os europeus, que consultaram os valores para contar com o palmeirense já nesta janela de transferências. O Palmeiras nega qualquer tratativa pelo beque de 26 anos, porém, nos bastidores, o clube teria dito que não libera Luan por menos de 7,5 milhões de euros (cerca de R$ 31,5 milhões na cotação atual). 


Revelado pelo Vasco da Gama e campeão olímpico nos Jogos do Rio-2016, Luan desembarcou na Academia de Futebol em 2017 em uma compra de R$ 10 milhões bancada pela patrocinadora máster do Verdão, a Crefisa. O zagueiro, porém, sofreu um pouco no início para mostrar seu futebol. A partir do ano passado, todavia, o zagueiro deslanchou. 

Sob o comando de Felipão, ele ganhou sequência e, junto de Gustavo Gómez, formou uma das melhores defesas do futebol brasileiro, parceria que se mantém até hoje, tomando pouquíssimos gols. Em maio, Luan teve seu vínculo com o Palmeiras renovado até 31 de março de 2023. Além do camisa 13, o parceiro paraguaio também vem sendo sondado pelo futebol europeu - a Lazio teria formalizado uma proposta por Gómez, mas o Alviverde se nega a vendê-lo. Os dois, na verdade.