​Olha o Eurico aí, gente! Sim, se não fosse desse jeito, não seria Eurico Miranda! Até sexta-feira, quando ocorre a sessão do Conselho Deliberativo para a eleição do novo presidente do Vasco da Gama, o atual mandatário vai fazer de tudo (e mais um pouco, possivelmente) para continuar no cargo. Ao menos esta é a promessa que ele verbalizou a aliados políticos.



Depois de entrar com um mandado de segurança no Superior Tribunal de Justiça para validar os chamados votos da chamada urna 7 do pleito realizado junto aos associados do clube, o cartola disse, segundo a coluna ​De Primeira, que tentará durante toda a semana uma última cartada. Assim, pode ir inclusive ao Supremo Tribunal Federal.



No momento, a vitória é de Júlio Brant. Com isso, ele também tem a tendência de ganhar entre os conselheiros e, assim, ser empossado como comandante da instituição. No entanto, em caso de reversão na Justiça, Eurico fica à frente e, por consequência, não deixará a cadeira de presidente. A urna 7 tem toda uma polêmica envolvida, pois existem acusações de compra de votos. A maioria absoluta fez sua opção pela chapa da situação, o que aumenta ainda mais a desconfiança de favorecimento em troca da escolha. Tecnicamente, o mandato se encerra nesta terça-feira, mas tudo pode acontecer em se tratando do dirigente.


Foto: Paulo Fernandes / vasco.com.br