Desde os primeiros dias do ano, o torcedor do Flamengo já se preparava para a despedida do jovem Reinier, revelação rubro-negra que 'fez barulho' durante a temporada passada. O ​assédio crescente de potências do futebol europeu como Barcelona e Real Madrid, aliado à nova filosofia do clube carioca de investir pesado em jogadores consagrados, impulsionou a precoce despedida da joia rubro-negra: Reinier vestirá a camisa merengue em 2020.

Reinier

​​No início da tarde desta segunda (20), o Real Madrid confirmou a aquisição do jovem meia rubro-negro, movimentação de mercado que já estava acertada há algumas semanas. Em seu site e mídias oficiais, o maior campeão europeu revelou que o contrato firmado tem validade de seis anos e meio, até junho de 2026.


Durante a semana, a imprensa espanhola noticiou a possibilidade do armador ​ser emprestado assim que rumar à Espanha, com o Espanyol surgindo como um destino provável. A nota oficial do Real Madrid, no entanto, sinaliza um caminho diferente: Reinier deverá ser incorporado ao Real Castilla, time B do Madrid, mesmo caminho trilhado por Vinícius Júnior. O armador se apresenta ao novo clube assim que fechar sua participação no pré-Olímpico com a Seleção.

Para ler mais notícias do Flamengo, clique ​aqui.