Após ser comunicado de que não estava nos planos do ​Grêmio para 2020, Felipe Vizeu, de 22 anos, iniciou as buscas por uma nova casa para a nova temporada. Duas equipes da Série A demonstraram interesse e abriram negociações com a Udinese (ITA), clube que detém os direitos econômicos do atacante, para fechar seu empréstimo: ​Botafogo e ​Athl​etico-PR. Tudo parecia certo com o Furacão, mas uma reviravolta nas negociações levou o jogador para o outro lado do mundo, literalmente.

​​Como noticia o ​Globoesporte, Felipe Vizeu foi anunciado como novo reforço do Akhmat Grozny, clube que disputa a primeira divisão do futebol russo. A negociação foi fecha via empréstimo, com validade de uma temporada, até dezembro de 2020. Além do destino pouco 'ortodoxo', chama atenção a mudança brusca de curso envolvendo o atleta, que chegou a desembarcar em Curitiba no último dia 6 de janeiro para assinar com o Athletico.

​​Revelado nas categorias de base do ​Flamengo, o centroavante se transferiu para a Udinese em 2018, mas só disputou cinco partidas com a camisa do clube italiano até aqui. Seu vínculo com a equipe de Údine tem validade até 2023.