Esperado no CT Rei Pelé, meia-atacante Diogo Vitor não apareceu nas primeiras atividades do ​Santos B. O jogador deveria ter feito exames médicos na última segunda-feira à tarde e participado de treinos com bola na manhã desta terça-feira.


O atleta de 22 anos participaria dos treinamentos com o grupo de jogadores que ultrapassaram o limite de idade para integrar o Sub-20 do Peixe e também com os mais jovens que estão sendo observados para o profissional, como o jovem atacante Renyer.


Em contato com a reportagem da ​ESPN, o alvinegro praiano informou que ainda não recebeu nenhuma justificativa do atleta. Diogo Vitor voltou a treinar em novembro da temporada passada após cumprir suspensão por doping por consumo de cocaína em 2018.


No período, o meia-atacante demonstrou empenho, perdeu cinco quilos em poucas semanas e mostrou dedicação para retomar o rumo de sua carreira. Em dezembro de 2019, o jogador foi liberado pelo clube para acompanhar o nascimento de seu primeiro filho, em Minas Gerais.

A última atuação do meia-atacante foi pela 3ª rodada da fase de grupos da Libertadores da América, em 2018, na partida diante o Estudiantes, da Argentina. Diogo Vitor foi suspenso por 18 meses após ser flagrado no exame antidoping realizado no final do jogo contra o Botafogo-SP, nas quartas de final do Paulista, no mesmo ano.