A Taça Kaiser 2020 vai apontar qual é a grande força do futebol amador do Brasil da atualidade. E tem time de Santa Catarina querendo este posto. O Salto do Norte Esporte Clube, da cidade de Blumenau, vai representar o estado sulista de olho em grandes voos.

A história da agremiação faz jus ao momento vivido pelos catarinenses. Criado em 1996, o clube sempre teve o futebol como seu carro-chefe. Aos poucos, conseguiu se consolidar no cenário esportivo. Da antiga Copa Kaiser, em um formato diferente, ficam as lembranças do terceiro lugar nacional obtido em 2013 e dos títulos regionais em 2010 e 2013, sem contar os vices de 2011 e 2012.

Agora, o Salto do Norte quer brilhar na segunda edição de retomada do torneio, que ocorrerá em Belo Horizonte. Para garantir sua vaga na disputa, conquistou a Liga Blumenauense passando pelo Band/Vera Cruz na final.


O primeiro jogo, em casa, terminou com vitória por 4 a 1. Porém, a derrota por 3 a 0 em Pomerode levou a decisão para os pênaltis. Foi então que, ganhando por 4 a 3 nos tiros livres, conseguiu dar a volta olímpica.

O time, aliás, também chega à Taça Kaiser empolgado pela obtenção do troféu do Campeonato Municipal de Blumenau. Tem, dentro das quatro linhas, a garra e a qualidade do atacante Gabriel Mardem e do meio-campista Vando como alguns de seus pontos fortes. "A expectativa é boa. A gente está se preparando bem, e queremos fazer um bom torneio, quem sabe chegar à final. Nossa intenção é essa. O grupo está unido e bem confiante para representar o Salto do Norte em Minas", destaca Gerson Troiani, diretor de esporte do clube. É hora, então, de ir a campo.