​Nesta sexta-feira (10), o atacante David, do Cruzeiro, comunicou ao time que não irá retornar ao clube. A situação do jogador chegou a ir para a Justiça do Trabalho, mas o representante do atleta, André Cury, se reuniu com o diretor-executivo de futebol do clube mineiro, Ocimar Bolicenho, e ofereceu uma proposta para solucionar as dívidas com atacante em troca da liberação do atleta, conforme o site​ Superesportes.com



A notícia é bastante positiva para o Fortaleza, visto que o time cearense tem interesse pelo futebol do atacante. O diretor de futebol do clube, Daniel de Paula Pessoa, garantiu ao ​Globo Esporte que o Leão está esperando uma definição do departamento de futebol do Cruzeiro para fazer uma oferta ao jogador, de 24 anos, que tem contrato até 2022.



"Não tem nada concretizado. Fizemos uma sondagem em 2019 para saber qual o projeto do atleta para 2020. É um atleta que tem o nosso perfil, a nossa preferência, que agrada ao modelo de jogo do Rogério Ceni", disse o dirigente. Além disso, o empresário do atleta também confirmou a sondagem. "Proposta ainda não chegou. O Fortaleza é um dos clubes que me procurou, mas o Cruzeiro já sabe, eles já ligaram lá", revelou André Cury. 



O atacante atualmente é avaliado no mercado em 1,5 milhão de euros, cerca de R$ 6 milhões. Na última temporada, o jogador, que não se reapresentou ao Cruzeiro para a pré-temporada nesta semana, disputou 48 jogos pelo time mineiro e marcou três gols. O atleta pode ser um bom reforço para o Leão do Pici, já que Edinho, Matheus Vargas e Kieza deixaram a posição e se despediram do clube.