​O vice-presidente de futebol do ​Flamengo, Marcos Braz, falou com os jornalistas na tarde desta quinta-feira (9) no Ninho do Urubu e esclareceu vários pontos sobre o posicionamento do Rubro-Negro neste mercado de transferências. Até o momento, o Mais Querido anunciou o zagueiro Gustavo Henrique, ex-Santos, e o atacante Pedro Rocha, que atuou em 2019 pelo Cruzeiro. 


Fluminense v Flamengo - Brasileirao Series A 2019

Braz começou falando do atacante Michael, destaque do Goiás no último Campeonato Brasileiro. “Estamos tranquilos na operação. Todos sabem do interesse, mas não está fechado. Passamos quase cinco horas ontem (quarta-feira) resolvendo detalhes com o Goiás. O Flamengo está no tempo dele. Está bem encaminhado. Estamos esperando os outros envolvidos”, relatou.


Sobre o centroavante Pedro, da Fiorentina, da Itália, o mandatário não demonstrou o mesmo otimismo. “Tem conversa e interesse do Flamengo no Pedro, mas ainda em fase inicial. Seria um empréstimo. A contratação do Michael está mais avançada”, comentou. A "novela" por Gabigol também ainda não foi definida, segundo Braz. “Andou, mas ainda não foi possível resolver”, disse o dirigente.


Se falou sobre as negociações em andamento, o dirigente descartou dois jogadores especulados no Rubro-Negro: Orejuela e Cavani. “Chance zero”, sobre o lateral do Cruzeiro. Já sobre o uruguaio, Braz também descartou totalmente. "Cavani tem aquela situação de estar livre em julho, Ibra também está. Vem os filósofos do mercado pensando... os filósofos do mercado estão sempre atentos. Mais do que a imprensa, mais do que o clube", concluiu.


Foto: ​Alexandre Vidal/Flamengo