De cabeça quente pela derrota de virada para o arquirrival Vasco - clássico disputado em São Januário no último sábado (20) -, o ​Fluminense chega ao dia mais importante do ano para o clube enquanto instituição centenária: seu aniversário de fundação. Nascido no dia 21 de julho de 1902, o time das Laranjeiras celebra seu 117º aniversário neste domingo, mas poucas coisas permitem que seu torcedor comemore a data de forma tranquila e integral.


Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

​​O revés por 2 a 1 para o rival estacionou o Tricolor nos nove pontos somados após onze jogos disputados, aproveitamento de zona de rebaixamento (27,3%). A situação pode piorar para o clube carioca ainda nesta rodada 11: caso a Chapecoense vença o São Paulo na próxima segunda, o Fluminense rumará ao Uruguai para duelo da Sul-Americana com o posto de 18º colocado da tabela de classificação nacional.


Antes empolgado pelo início promissor de Fernando Diniz, o clube das Laranjeiras começa a sentir a corda no pescoço pela ausência de resultados positivos. São apenas duas vitórias na competição nacional, péssimo retrospecto ainda agravado pelo desempenho defensivo pavoroso, o segundo pior da Série A em números gerais. São 19 gols sofridos em onze rodadas, a frente somente do CSA (20). Retaguarda frágil, escolhas técnicas questionáveis, dificuldade extrema para furar retrancas e previsibilidade/especulação colocam o treinador em uma verdadeira 'panela de pressão', com os entusiastas de sua saída começando a ganhar forças nas arquibancadas e nas redes sociais

Fernando Diniz

A filosofia que não vem acompanha das vitórias e pontos somados, os constantes atrasos salariais/os graves problemas administrativos que se arrastam de gestões anteriores e as inúmeras baixas por problemas físicos no já limitado elenco criam uma fórmula explosiva e perigosa para o Fluminense em 2019. O temor de um rebaixamento já bate à porta mais uma vez, algo corriqueiro ao clube nas últimas temporadas. É neste caldo que o dia 21 de julho, tradicionalmente de festa e celebração, terá um 'tom' diferente nas Laranjeiras.