​O ​Fluminense segue se reforçando em todos os setores para a disputa do restante da temporada de 2019. Tendo Campeonato Brasileiro e Copa Sul-Americana para brigar pelo título, o Tricolor acertou a volta de um jogador que marcou história no clube pelas taças que levantou. O presidente Mário Bittencourt havia prometido que iria repatriar atletas que marcaram seu nome no Fluminense.



Wellington Nem


Depois do goleiro Muriel e do meia Nenê, quem chega ao clube é o atacante Wellington Nem, ídolo da torcida e que estava atuando no Shakhtar Donetsk da Ucrânia. O jogador renovou o vínculo com os europeus e foi emprestado até dezembro de 2019 ao clube carioca. Ele chega ao Rio de Janeiro nesta quinta-feira (18), quando deverá passar por exames médicos e ser anunciado pela equipe.


Com 27 anos, Wellington Nem volta ao Flu após 6 anos longe das Laranjeiras. O atacante conquistou dois títulos com a camisa tricolor: O Campeonato Carioca e o Brasileirão, ambos em 2012. Em 67 jogos, balançou as redes 16 vezes. Nem teve uma passagem curta pelo São Paulo, em 2017, onde entrou em campo 23 vezes, marcando apenas uma vez. Também teve passagens por seleções de base. Disputou a Copa do Mundo sub-17 pelo Brasil em 2009.




Agora, o técnico Fernando Diniz tem a disposição para o ataque os seguintes jogadores: Pedro, Wellington Nem, Yony González, João Pedro, Kelvin, Marcos Paulo, Brenner, Ewandro e Pablo Dyego. O Tricolor volta a campo no próximo sábado, no clássico contra o Vasco, em São Januário. A partida está marcada para às 11h da manhã e é válida pela décima primeira rodada do Campeonato Brasileiro.