As médias de público pagante dos clubes brasileiros na fase de grupos da Libertadores

Na primeira edição da Copa Conmebol Libertadores que conta com oito brasileiros, alguns públicos chamaram atenção, seja positiva ou negativamente. Sendo assim, fizemos o ranking das maiores médias de público pagante entre os clubes aqui do nosso país. Os dados são do globoesporte.com. Confira!

8. Chapecoense - 9.714 torcedores

Mesmo se classificando dentro de campo, por uma "trapalhada" da diretoria a Chape acabou eliminada. No entanto, a média dos catarinenses na Arena Condá de 9.714 pagantes por jogo ficou muito aquém do esperado, ainda mais por se tratar de sua primeira participação na história da Libertadores

7. Santos - 15.305 torcedores

O Peixe terminou a fase de grupos da Libertadores como o único time ainda invicto, fazendo uma ótima campanha. Mas por jogar mais na Vila Belmiro do que no Pacaembu, a média de público pagante do alvinegro acabou sendo de apenas 15.305 torcedores por partida. Decepcionante para o vice campeão brasileiro. 

6. Atlético-MG - 18.083 torcedores

O time de melhor campanha da fase de grupos, e que decidirá todas as próximas fases dentro de casa, é o Galo. Contudo, realizando seus jogos na Arena Independência, cuja capacidade é de pouco mais de 23 mil torcedores, o Atlético não consegue levar públicos expressivos ao estádio. Terminou essa etapa da competição com uma média de 18.083 pagantes por rodada. 

5. Grêmio - 22.609 torcedores

O Tricolor gaúcho foi uma decepção em termos de público na Libertadores. O atual campeão da Copa do Brasil possui uma arena com capacidade para mais de 60 mil pessoas, porém teve uma média de apenas 22.609 pagantes por partida. Ainda assim, o Imortal fez bonito dentro das quatro linhas e se classificou com a terceira melhor campanha. 

4. Atlético-PR - 25.995 torcedores

Os paranaenses, como já é de conhecimento geral, se classificaram para às oitavas de final na bacia das almas, após o épico 3 a 2 no Chile diante da Universidad Católica. Dessa forma, embora oscilando bastante dentro casa na atual edição da Libertadores (1 vitória, 1 empate e 1 derrota), o Furacão levou, em média, 25.995 torcedores pagantes por jogo. 

3. Botafogo - 30.141 torcedores

Para muitos o Glorioso carioca é o time que mais vem surpreendendo na Libertadores. Responsável por eliminar 4 campeões no decorrer da competição (incluindo as duas fases anteriores) e se classificar em primeiro lugar no seu grupo, o Botafogo propiciou muita festa para seus torcedores. Compareceram em média, 30.141 pagantes por jogo. 

2. Palmeiras - 38.273 torcedores

Não é segredo para ninguém o grande sucesso do programa de sócio torcedor do Verdão. Responsável por uma média de 38.273 expectadores por jogo, o que representa mais de 85% de ocupação do Allianz Parque, o atual campeão brasileiro e o time que mais investiu na temporada não desapontou a torcida e terminou sua chave em primeiro lugar. 

1. Flamengo - 53.998 torcedores

Contando os 32 clubes, o Flamengo foi o time com maior média de pagantes por jogo: 53.998. O fato é que, mesmo lotando o Maracanã e ganhando todos os jogos em casa, o rubro negro carioca acabou perdendo as três partidas longe do Rio de Janeiro, deu adeus precocemente ao torneio sul-americano e, consequentemente, ao seu maior sonho de consumo na temporada. 


Foto de capa: Divulgação/Grêmio FBPA

MELHORES ARTIGOS