FBL-ASIA-C1-HILAL-JAZEERA

​Ele foi considerado o 'presente' do Cruzeiro para a sua torcida no dia do aniversário do clube e pouco a pouco vai conquistando os cruzeirenses. Conhecido no Brasil pelas passagens por Fluminense e Flamengo, Thiago Neves estava no futebol do Oriente Médio quando negociou um retorno ao Brasil e um contrato com a Raposa.


Com duas passagens pelo Al Hilal (2009/2010 e 2013 a 2015) e uma pelo Al Jazira (2015/2016), Thiago Neves explicou que as diferenças culturais entre árabes e brasileiros são marcantes, mas que acabou conseguindo se adaptar à vida no Oriente Médio.


"É bem diferente [a cultura]. Você tem de viver a cultura deles. Eles são rígidos com a questão da reza. Você tem de sair dos shoppings, lojas. Fecha tudo. Chegou um momento em que consegui me adaptar e, por isso, fui muito feliz", disse o jogador, em entrevista ao site ​UOL Esporte.


FBL-SUDAMERICANA-CRUZEIRO-NACIONALPAR

Após a experiência nos Emirados Árabes, Thiago Neves quis voltar ao Brasil e citou o carinho da torcida do Cruzeiro como um dos fatores importantes para sua chegada a Belo Horizonte.


"Primeiro, foi muito importante a torcida. Nunca tinha acontecido na minha vida. Teve minha volta em 2009 para o Fluminense, mas não se compara ao que a torcida do Cruzeiro fez. Foi muito importante para mim, para me dar confiança, ver o carinho da torcida com a minha contratação", afirmou.

​​